Esportes Herói do Botafogo, Marco Antônio divide os méritos com todos jogadores do grupo

Herói do Botafogo, Marco Antônio divide os méritos com todos jogadores do grupo

Os jogadores do Botafogo comemoraram como se fosse uma decisão o gol de empate contra o Avaí, neste sábado, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Afinal, o time perdia por 1 a 0 para o time catarinense e chegou à igualdade que o mantém perto de uma vaga no G4 - a zona de acesso. O mais festejado foi mesmo Marco Antônio, autor do gol aos 47 minutos do segundo tempo.

"É claro que a gente não entra em campo para empatar, mas diante do que aconteceu no jogo, foi muito importante. Acho que nossa equipe sobressaiu em campo e mérito de toda a equipe, que batalhou até o final", explicou o herói botafoguense.

O meia entrou no segundo tempo no lugar de Pedro Castro e marcou um belo gol. O levantamento saiu do lado direito com Warley, a bola passou por toda a defesa. Naquela altura, na base do tudo ou nada, quatro jogadores cariocas apareceram na linha ofensiva. Mas a bola sobrou no segundo pau para o meia, que bateu de primeira, de chapa.

"Não sei do que eles reclamaram. Não notei nada, mas vou ver o lance depois com calma", justificou Marco Antônio, referindo-se à reclamação geral do time do Avaí sobre a irregularidade no lance. Ficou a dúvida do impedimento, que não pode ser tirada pela falta do VAR dentro da Série B.

Por fim, ele explicou porque dedicou o gol à mãe. "Queria ter marcado o gol no dia do aniversário dela, mas como já passou eu deixei para oferecer hoje. Normalmente eu mando para a Larissa, minha esposa. Quero agradecer a Deus".

Últimas