Esportes Hamilton se surpreende com 2º lugar no grid e Verstappen lamenta erro de rivais

Hamilton se surpreende com 2º lugar no grid e Verstappen lamenta erro de rivais

Lewis Hamilton e Max Verstappen deixaram o Autódromo Hermanos Rodríguez com sentimentos bem distintos, neste sábado, ao fim do treino classificatório do GP do México de Fórmula 1. O britânico se surpreendeu com o segundo lugar no grid de largada, enquanto o holandês lamentou erros de rivais que custaram sua última volta na sessão decisiva na Cidade do México.

A expectativa geral era de que a Red Bull superasse a Mercedes na classificação por contar com carro mais eficiente na pista mexicana. Mas a equipe austríaca acabou superada pelos rivais, que conquistaram a primeira dobradinha no México, seja em treino ou corrida, desde 2016. O finlandês Valtteri Bottas conquistou a pole, seguido de perto por Hamilton. Verstappen sairá do terceiro posto neste domingo.

"Parabéns ao Valtteri! Ele fez um grande trabalho hoje. Naquela volta, eu simplesmente não consegui alcançá-lo. Depois do primeiro treino livre, estávamos meio segundo atrás deles", comentou Hamilton, surpreso pelo rendimento superior da Mercedes no treino classificatório.

"Realmente não tenho ideia (do que aconteceu). Eles estavam em torno de 0s6 à nossa frente em determinado ponto, mas o que quer que seja que tenha acontecido a partir do momento em que chegamos à classificação, nos deu melhor ritmo. Estou tão chocado quanto qualquer um, o esforço da equipe foi muito bom", disse o heptacampeão mundial.

Para Verstappen, a ausência na primeira fila do grid se deve a um incidente ocorrido logo à sua frente justamente na sua última volta do treino. O japonês Yuki Tsunoda saiu da pista e o anfitrião Sergio Pérez, companheiro de Verstappen, também foi para a grama, fazendo o holandês desacelerar por precaução.

"Parece que o equilíbrio caiu um pouco durante a classificação. E, na verdade, na última volta, estava pronto para uma boa volta e não sei o que aconteceu na minha frente, mas tinha dois caras escapando. Achei que era uma bandeira amarela, mas então tirei o pé e a volta ficou destruída, claro", lamentou o líder do campeonato.

A largada do GP do México está marcada para as 16 horas deste domingo, na capital mexicana.

Últimas