Esportes Grêmio precisa vencer América-MG fora para manter esperança contra o rebaixamento

Grêmio precisa vencer América-MG fora para manter esperança contra o rebaixamento

América-MG e Grêmio fazem confronto que pode ser decisivo para o objetivo de ambas equipes no Campeonato Brasileiro. O Grêmio precisa superar o retrospecto ruim fora de casa e dar continuidade à vitória sobre o Fluminense na última rodada para manter vivo o sonho de escapar do rebaixamento, feito que o América-MG está próximo de alcançar, podendo focar em uma classificação inédita para competições internacionais. Os times se enfrentam pela 32ª rodada, às 18h30 deste sábado, na Arena Independência.

O tricolor gaúcho superou o Fluminense na última rodada e voltou a vencer na competição, chegando a 29 pontos. O Grêmio ainda é o vice-lanterna e diminuiu a diferença até o Bahia, primeiro time fora da zona de rebaixamento, para sete pontos. Segundo pior visitante do Brasileirão, o time de Vagner Mancini precisa superar o baixo desempenho longe de casa para seguir sonhando.

O América-MG venceu três dos seus últimos quatro jogos e quer seguir pontuando para fazer uma temporada que pode ser histórica. Com 41 pontos, na 10ª colocação, o time mineiro está cada vez mais perto de se manter na Série A do Brasileirão pelo segundo ano consecutivo, o que aconteceria pela primeira vez na história desde que o torneio virou de pontos corridos. Nesse caso, a briga do América-MG passará a ser apenas para chegar a uma competição internacional inédita.

Principal reforço gremista para a temporada, Douglas Costa sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda durante a última partida. A expectativa é que ele volte ao time antes do fim do campeonato. O restante da equipe está à disposição de Vagner Mancini. Bruno Cortez e Thiago Santos cumpriram suspensão e retornam. Com Thiago, o treinador poderá retomar a formação com três zagueiros.

"Nós acabamos pegando uma sequência dificílima de jogos, mas talvez essas equipes tenham nos preparando para nosso campeonato daqui para frente. Nós melhoramos como equipe, mesmo não tendo resultados. Foi muito importante termos passado por esses testes. Eu sinceramente não tenho a equipe ideal, mas tenho mais de 11 jogadores. O jogo contra o Fluminense me mostrou que eu tenho 17 ou 18 jogadores com condições de entrar sábado e desempenhar o que está sendo montado", afirmou o técnico Vagner Mancini após a última partida.

DE OLHO NO G6 - Vindo de uma importante vitória por 3 a 2 em cima do Sport, fora de casa, o América-MG volta a campo de olho em mais um resultado positivo para entrar de vez na briga pelo G6.

O técnico Marquinhos Santos tem uma dúvida para armar a dupla de defesa titular e conta com dois retornos, mas de jogadores que são considerados reservas. Isso porque, o zagueiro Ricardo Silva sofreu um choque de cabeça na última rodada e será reavaliado momentos antes da partida, para saber se tem condições de atuar. Anderson de Jesus é outra opção para fazer dupla com Eduardo Bauermann.

Já o meia Bruno Nazário e o atacante Fabrício Daniel voltam a ficar à disposição depois de cumprirem suspensão, mas devem seguir sendo opções para o segundo tempo. Atualmente na décima colocação, o time americano soma 41 pontos. Por isso, o treinador acredita que esta partida será decisiva para a sequência da competição.

"Vai ser jogo duro, um Grêmio de camisa pesada, com o Mancini, que é um excelente treinador e estava aqui, fazendo parte do trabalho, que conhece muito a camisa e nosso elenco. Temos que ter atenção, mas nosso foco está somente na vitória, afinal queremos algo maior neste campeonato", disse o comandante.

Últimas