Esportes Grêmio derruba 100% do Ypiranga em Erechim e sai na frente na final do Gauchão

Grêmio derruba 100% do Ypiranga em Erechim e sai na frente na final do Gauchão

Com um gol de pênalti marcado já nos acréscimos, o Grêmio pôs fim aos 100% de aproveitamento do Ypiranga no estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, e venceu o primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho por 1 a 0, neste sábado. O time de Roger Machado sai na frente na disputa pelo pentacampeonato contra o Ypiranga, que está na primeira final estadual de sua história.

O Grêmio conquistou o pentacampeonato em 1989 e, novamente em sua quinta final consecutiva, o time tricolor tenta repetir o feito histórico, podendo decidir em casa. Como não há o critério de gol qualificado, o time tricolor joga por um empate no jogo de volta para confirmar o título. O Ypiranga precisa vencer por uma vantagem de dois gols para conquistar o torneio no tempo normal. Caso o Ypiranga vença por um gol de diferença, a decisão será definida nos pênaltis.

Após a classificação emocionante na semifinal contra o Brasil de Pelotas, com direito a pênalti defendido no fim, o Ypiranga não conseguiu repetir diante do Grêmio aquele grande desempenho que teve jogando no estádio Colosso da Lagoa durante todo o Campeonato Gaúcho. Esta é a primeira partida do Gauchão que o Ypiranga não vence jogando diante de sua torcida. Antes disso, o time de Luizinho Vieira havia feito sete jogos e sete vitórias no estádio Colosso da Lagoa.

Grêmio e Ypiranga se enfrentaram na Arena do Grêmio na última rodada da primeira fase. Apesar da vitória gremista por 2 a 0 na partida, foi o Ypiranga quem terminou a disputa de pontos corridos com a melhor campanha. Ambos somaram 21 pontos, mas o time do interior levou a melhor nos critérios de desempate.

Convocado pela seleção do Paraguai, mas suspenso para a última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, o volante Villasanti retornou ao Grêmio para a final do Gauchão e foi titular. Ferreira, por outro lado, foi desfalque para o técnico Roger Machado, já que levou cartão vermelho por se envolver em confusão no último Gre-Nal. O Ypiranga veio quase com força máxima para a primeira partida da final, com o único desfalque por conta da expulsão do meia Matheus Santos na semifinal.

DOMÍNIO GREMISTA NO 1º TEMPO E GOL NO FIM

O Grêmio atuou muito bem no primeiro tempo e conseguiu dominar o jogo por completo. O Ypiranga conseguiu apenas uma finalização de perigo nos primeiros 45 minutos, que só foi acontecer após meia hora de jogo. Um dos momentos mais interessantes do Ypiranga na primeira etapa foi uma bela lambreta de Gedeilson para cima de Diogo Barbosa. Do outro lado, o Grêmio foi criativo ao atacar, chegou a finalizar 11 vezes, mas faltou o gol.

Campaz acertou a trave do time de Erechim em duas finalizações por cobertura, mostrando muita habilidade nos lances. Na segunda cavadinha do colombiano, a bola bateu no travessão e na trave esquerda do gol, mas não entrou. Villansanti também teve chance claríssima, em um cabeceio livre no meio da área, mas que não foi na direção do gol.

O time de Erechim se organizou no vestiário e conseguiu diminuir o ímpeto do Grêmio no segundo tempo. O Ypiranga ficou muito perto de marcar o primeiro gol do jogo aos 18 minutos, em um lance de tirar o fôlego. Lucas Falcão bateu de fora da área e acertou um chute forte no travessão, a bola ficou oferecida para Hugo Almeida no rebote e Brenno conseguiu espalmar e evitar o gol do time da casa.

Sensação do Campeonato Gaúcho, o Ypiranga melhorou bastante no segundo tempo. Aos 30 minutos, Lucas Falcão fez sua segunda finalização da entrada da área e mais uma vez levou perigo ao gol de Brenno.

No momento em que o jogo era igual, o Grêmio conseguiu um pênalti no fim da partida, aos 44 minutos, em um lance envolvendo dois jogadores que entraram no decorrer do jogo. Churín recebeu a bola na área e fez o domínio, o volante Guilherme Amorim derrubou o adversário e Anderson Daronco marcou pênalti após consultar o VAR. Lucas Silva foi para a cobrança e converteu, aos 47 minutos. O volante do Grêmio cobrou forte no canto direito, o goleiro Edson acertou o canto, mas não conseguiu alcançar a bola.

Com um princípio de confusão nos últimos minutos, o jogo terminou com vitória gremista por 1 a 0. Grêmio e Ypiranga se enfrentam no próximo sábado, dia 02 de abril, às 16h30, na Arena do Grêmio, pelo segundo jogo da final que definirá o campeão gaúcho de 2022.

Últimas