Esportes Ginasta dos Estados Unidos testa positivo para coronavírus no Japão

Ginasta dos Estados Unidos testa positivo para coronavírus no Japão

Uma ginasta da delegação dos Estados Unidos testou positivo para coronavírus nesta segunda-feira em Inzai, a leste de Tóquio, onde a equipe treina para os Jogos Olímpicos. Segundo o oficial da Olimpíada na cidade, trata-se de uma adolescente. Entretanto, sua identidade não foi revelada.

Ainda não há informação se a ginasta pertence ao time principal ou é suplente. Uma das integrantes da equipe é Simone Biles, de 24 anos, apontada como a maior ginasta da atualidade, dona de cinco medalhas na Rio/2016.

Os dois membros adolescentes da equipe dos EUA são Sunisa Lee e Grace McCallum, ambas de 18 anos. Todos os quatro suplentes, selecionados, caso um dos principais membros da equipe tenha testado positivo, são adolescentes.

Este não é o primeiro caso de teste positivo entre os atletas que vão disputar a Olimpíada. Nesta segunda-feira, a equipe olímpica da República Checa confirmou que Ondrej Perusic, do vôlei de praia, teve um teste positivo para covid-19 na Vila Olímpica, em Tóquio.

O caso de Perusic foi o quarto na Vila Olímpica depois que as infecções de dois jogadores de futebol sul-africanos, que não tiveram suas identidades reveladas, e um analista de vídeo foram reveladas no domingo.

O Comitê Organizador monitora 21 pessoas, na maioria atletas, que tiveram contato com os jogadores sul-africanos. Ao todo, já foram registrados 59 casos positivos de covid relacionados aos Jogos.

Últimas