Gatito Fernandez derruba equipamento do VAR após gols anulados do Botafogo

Na tarde deste sábado, no jogo que abriu as disputas da sexta rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo acabou superado pelo Internacional, pelo placar de 2 a 0, em pleno Engenhão e conheceu a sua primeira derrota neste início de competição. Depois de sair atrás no placar ainda no começo do primeiro tempo, o time carioca até correu atrás do prejuízo e conseguiu marcar dois gols, mas ambos foram anulados pelo VAR.

Revoltado com a anulação dos dois gols e com a arbitragem, o goleiro Gatito Fernandez saiu de campo após o final do jogo e com um pontapé acabou derrubando o equipamento da cabine do VAR. O monitor ficou caído na pista atlética do estádio.

As imagens foram mostradas durante a transmissão da partida. Sem querer se envolver na polêmica, o meia-atacante Bruno Nazário, que foi o autor do segundo gol anulado, falou que não queria tirar conclusões precipitadas antes de ver as imagens. "Eu não vi. Depois, vou tirar a conclusão. Mas é complicado, isso prejudica nossos objetivos dentro da competição. Mas sem palavras, temos que trabalhar, se esforçar para o próximo jogo, queremos voltar a vencer", disse o jogador na beira do campo.

Ainda no intervalo, o volante Rafael Forster lamentou os dois gols sofridos no primeiro tempo, que segundo ele prejudicaram demais a estratégia botafoguense dentro do duelo. "É difícil. A gente traçou uma estratégia. Logo no início, tomamos o gol. É complicado. O Inter tem uma equipe qualificada, com toque de bola. A gente tentou minar isso, mas tomamos o gol."

Com seis pontos ganhos, o Botafogo volta a campo na próxima quarta-feira, quando joga novamente no Engenhão, onde vai receber o Coritiba, às 21h30.