Esportes Galhardo revela 'sentimento de tristeza', mas pede reação rápida do Inter

Galhardo revela 'sentimento de tristeza', mas pede reação rápida do Inter

"Sentimento de tristeza". Foi assim que Thiago Galhardo descreveu a sua sensação com a derrota por 1 a 0 para o Boca Juniors, nesta quarta-feira, no Beira-Rio, pela partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. O atacante ainda pediu uma reação imediata para encerrar a fase negativa do time colorado, que coincide com a saída do técnico Eduardo Coudet.

"Sentimento é de tristeza. No futebol, a cada três dias, tem a chance de a gente reverter. A nossa vida, profissional, familiar, ela gira. Você vive os altos no futebol, na vida profissional e familiar, e vive os baixos. Tem de saber lidar, tem de ter maturidade e equilíbrio para saber sair dessa fase ruim da melhor forma possível", falou o jogador.

Thiago Galhardo mostrou confiança em uma reação contra o Atlético Mineiro, neste domingo, às 18h15, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. "Estamos passando por um momento ruim e devemos dar uma resposta imediata. Temos um jogo importante contra o Atlético Mineiro que vai mostrar aonde vamos brigar na tabela", afirmou.

A derrota desta quarta-feira ficará marcada na história do Inter, pois foi a primeira vez que o clube colorado perdeu para um argentino dentro do Beira-Rio. Apesar do revés, Galhardo entendeu que o time gaúcho fez uma boa partida.

"Criamos oportunidades, bola bate na trave, passa perto. Dói muito essa derrota em casa. Para ganhar no jogo de volta temos que repetir o que fizemos hoje. Jogamos bem", concluiu.

Com a derrota, o Inter precisará vencer o Boca por ao menos um gol de diferença desde que marque dois gols para avançar às quartas de final da Libertadores. O vencedor enfrentará o Racing, que eliminou o Flamengo.

Últimas