Esportes Gabriel fala em 'resultado difícil de digerir', mas crê em reação do Corinthians

Gabriel fala em 'resultado difícil de digerir', mas crê em reação do Corinthians

Três dias depois do duelo pelo Brasileirão, o Atlético-GO voltou a ser algoz do Corinthians ao explorar os mesmos erros do rival paulista e vencer por 2 a 0 na Neo Química Arena. O volante corintiano Gabriel reconheceu que a apresentação foi ruim e alertou para a necessidade de corrigir as falhar para que a equipe possa reverter a desvantagem em Goiânia.

"Não jogamos bem. Sabemos que tem que melhorar muito, não podemos aceitar isso, se trata de Corinthians, então a gente sempre tem que jogar pra ganhar e pra conquistar os objetivos", falou Gabriel, que entrou na etapa final, minutos depois de Fagner ser expulso após levar o segundo amarelo.

Os gols foram marcados da vitória convincente do Atlético-GO foram marcados por Ronald e João Paulo, ambos no primeiro tempo. Com falhas na marcação e dificuldade para criar, o Corinthians não teve respostas à ótima estratégia do rival goiano, bem planejada pelo técnico Eduardo Barroca e executada com eficiência pelos atletas.

Para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil, o Corinthians terá de vencer o Atlético-GO na quarta-feira da semana que vem, em Goiânia, por três gols de diferença, ou por dois gols de vantagem e ainda se sair melhor nas disputas de pênaltis. Em situação confortável, os goianos podem perder por até um gol que, mesmo assim, confirmam a classificação.

Gabriel lamentou o "resultado difícil de digerir", reforçou que a equipe precisa evoluir e, embora o Corinthians venha de uma sequência ruim de atuações, crê que a classificação na Copa do Brasil é possível.

"Não está acabado, ainda mais se tratando da história do Corinthians. Temos que melhorar, treinar mais e ver o que erramos para passar à próxima fase", resumiu o volante.

Últimas