Futebol Zagueiro Gil teria sofrido ofensas racistas durante jogo no Uruguai

Zagueiro Gil teria sofrido ofensas racistas durante jogo no Uruguai

O zagueiro teria sido ofendido em uma discussão com jogadores do Montevideo Wanderers, mas preferiu não falar muito a respeito

  • Futebol | Leonardo de Souza, do R7*

Gil discute com adversários

Gil discute com adversários

Marcelo D. Sants/Agência Estado/02-08-19

O zagueiro do Corinthians deu a entender que sofreu ofensas racistas na partida contra o Montevideo Wanderers, na última quinta-feira (1), na capital uruguaia, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

O jogador saiu de campo rapidamente e não quis dar entrevista para os jornalistas no local. Mas insinuou ter sido vítima de preconceito, sem apontar o autor dos insultos. “A mesma coisa de sempre. Mas está tranquilo."

Veja mais: Em seu segundo Pan como técnico, Hugo Hoyama busca primeiro ouro

A ofensa teria ocorrido no início do segundo tempo, durante discussão dos jogadores das duas equipes, no meio-campo. (Veja o vídeo a seguir).

Não é a primeira vez que o brasileiro afirma ter sido vítima de racismo. Em 2015, o zagueiro relatou que sofreu ofensas no jogo entre Corinthians e Danubio, na Libertadores.

O jogador procurou não prolongar o ocorrido, sem aparentemente ter ido fazer boletim de ocorrência.

Após a classificação na Sul-Americana, o Corinthians se prepara para o clássico com o Palmeiras, que ocorrerá no próximo domingo (4), às 19h, na Arena Corinthians.

Válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, o jogo é considerado fundamental pela comissão técnica do Corinthians, que busca se aproximar dos líderes e ainda lutar pelo título da competição.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Barbie do Pan: conheça a ciclista brasileira Priscilla Stevaux

* Sob supervisão de Eugenio Goussinsky

Últimas