Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

'Vou sair falando. Por enquanto, podem falar', diz Soteldo sobre afastamento do Santos

Atacante venezuelano foi afastado por indisciplina no sábado à noite e usou as redes sociais para se pronunciar pela primeira vez

Futebol|

Soteldo prometeu falar sobre saída do Santos
Soteldo prometeu falar sobre saída do Santos Soteldo prometeu falar sobre saída do Santos

Afastado do Santos por indisciplina desde sábado, o atacante Yeferson Soteldo usou sua página oficial no Instagram, no final da noite de domingo, para se manifestar sobre a decisão, tomada em conjunto pelo técnico Paulo Turra e a diretoria santista. Em um texto curto compartilhado via stories, o venezuelano não fez comentários sobre a razão do afastamento, assim como o próprio clube, e limitou-se apenas a dizer que logo dará sua versão dos fatos.

"Ninguém sabe o que foi que aconteceu, mas eu vou sair falando em breve. Por enquanto, podem falar o que vocês quiserem. Boa noite", afirmou o jogador de 26 anos, que deixou o clube paulista em uma situação delicada.

Em junho, o Santos acertou a compra de Soteldo junto ao Tigres, do México, clube pelo qual estava emprestado, mas o contrato ainda não foi assinado, por isso há esforços para que o negócio não seja sacramentado. O acordo é de US$ 4 milhões (R$ 19,27 milhões) por 50% dos direitos econômicos.

O atacante teria sido afastado em razão de um desentendimento com o treinador Paulo Turra, que chegou ao clube no dia 23 de junho para substituir Odair Hellmann. Turra recebeu aval da diretoria para fazer mudanças no time e suas decisões teriam desagradado Soteldo. Após a derrota por 3 a 0 do Santos para o Cuiabá, no domingo, o técnico confirmou que não conta mais com o atleta.

Publicidade

"Desde que cheguei, deixei claro: ninguém é maior que o Santos. Isso é um assunto de direção. Foi tomada a decisão. Eu tenho que me preocupar com os atletas que, hoje, fazem parte do plantel. Agradeço a compreensão neste aspecto, mas é isso que eu tenho para falar do atleta Soteldo", declarou o treinador.

Sem vencer há 12 jogos e dono da 14ª posição do Brasileirão, com 13 pontos, o Santos volta a campo na manhã de domingo, às 11 horas, na Vila Belmiro, onde recebe o Goiás pela 14ª rodada do campeonato nacional. Uma semana depois, dia 16, vai ao Morumbi jogar um clássico com o São Paulo.

Vai uma promessa aí? Veja joias da base que saíram barato do Brasil

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.