Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Vasco passa sufoco, mas vence o CSA em São Januário

Cruzmaltino teve dificuldades na criação, mas contou com brilho individual para encostar no G-4 da Série B

Futebol|Do Live Futebol BR

Raniel, do Vasco, disputa jogada com Diego Renan, do CSA
Raniel, do Vasco, disputa jogada com Diego Renan, do CSA Raniel, do Vasco, disputa jogada com Diego Renan, do CSA

Em partida válida pela sexta rodada da Série B do Brasileirão, o Vasco venceu o CSA em São Januário pelo placar de 1 a 0. O único gol do confronto saiu já na segunda etapa e foi marcado pelo meia-atacante Gabriel Pec.

O duelo na Colina Histórica teve muita intensidade de ambos os lados, além da pressão que vinha das arquibancadas. Segunda equipe que mais empatou, o Vasco se via pressionado pela necessidade de confirmar 3 pontos em seu estádio.

Leia também

O Vasco pouco conseguiu jogar na primeira etapa por conta da dificuldade com o último passe. A equipe comandada por Zé Ricardo assustou uma vez em cobrança de falta dos pés de Nenê, que obrigou Marcelo Carné a voar no canto superior direito.

O CSA, por sua vez, teve as melhores oportunidades dos primeiros 45 minutos, todas com o atacante Lucas Barcelos e em jogadas de contra-ataque.

Publicidade

O nível técnico do primeiro tempo foi bem abaixo do esperado para a categoria das duas equipes e o placar em 0 a 0 persistiu. Das arquibancadas de São Januário, muitas vaias e cobranças pela saída do técnico Zé Ricardo.

Na volta para a segunda etapa, o que parecia difícil para o Vasco ficou ainda mais complicado. Com o nervosismo, nos primeiros minutos a equipe da casa foi perdendo o controle do duelo e viu o CSA tranquilizar seu jogo.

Publicidade

Se na organização estava difícil, as jogadas individuais surgiam como ponto de esperança. Gabriel Pec e Figueiredo davam ritmo ao ataque e, com a dupla, o Cruzmaltino abriu o placar.

Aos 28 minutos, Figueiredo dominou na entrada da área, ajeitou o corpo e largou uma bomba. A bola explodiu no pé da trave e encontrou Gabriel Pec sozinho na pequena área, em condição legal, e o meia apenas completou para o fundo da rede.

Publicidade

Com a equipe alagoana cansada pela sequência de jogos (este foi o terceiro em seis dias), bastou o Gigante da Colina segurar a posse de bola, trabalhar explorando os contra-ataques em velocidade e garantir os 3 pontos ao apito final do árbitro Douglas Marques das Flores.

A vitória em casa garantiu a manutenção da invencibilidade do Vasco, que fica com a campanha de quatro empates e duas vitórias, o que faz com que a equipe comandada por Zé Ricardo encoste no G-4 da competição, com 10 pontos somados.

O Cruzmaltino volta a campo apenas no próximo domingo (15), novamente na Colina Histórica, para duelo importante com o Bahia, às 16h. O Azulão do Mutange, por sua vez, atua um dia antes, no Rei Pelé, às 20h30, contra o Operário.

FICHA TÉCNICA

Vasco 1 x 0 CSA

Local: São Januário, Rio de Janeiro

Data e hora: sábado (7/5), às 19h (de Brasília)

Árbitro: Douglas Marques das Flores

Auxiliares: Alex Ang Ribeiro e Fabrini Bevilaqua Costa

Gol: Gabriel Pec 28'/2ºT (Vasco)

Cartões amarelos: Halls, Yuri Lara, Andrey Santos e Thiago Rodrigues (Vasco) / Didira (CSA)

Cartão vermelho: Bruno Nazário (Vasco)

VASCO: Thiago Rodrigues; Gabriel Dias, Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Andrey Santos (Juninho), Yuri e Nenê (Carlos Palacios); Gabriel Pec (Luiz Henrique), Raniel e Getúlio (Figueiredo). Técnico: Zé Ricardo.

CSA: Marcelo Carné; Igor (Dalberto), Werley, Lucão e Diego Renan; Geovane (Ernandes), Giva e Didira (Gabriel); Lourenço (Yann Rolim), Marco Túlio (Osvaldo) e Lucas Barcelos. Técnico: Mozart.

Saiba quem são os 6 jogadores que podem voltar de empréstimo ao Corinthians no meio do ano

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.