Futebol Vasco e Guarani ficam no empate sem gols na Arena da Amazônia

Vasco e Guarani ficam no empate sem gols na Arena da Amazônia

Cruzmaltino e Bugre desperdiçaram chances de jogadas ao longo de todo o duelo e protagonizaram partida fraca em Manaus

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Figueiredo, do Vasco, tenta passar pela marcação de Matheus Pereira, do Guarani

Figueiredo, do Vasco, tenta passar pela marcação de Matheus Pereira, do Guarani

Daniel Ramalho/ Vasco (19.05.2022)

Na noite desta quinta-feira (19), em partida válida pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na Arena da Amazônia, em Manaus, Vasco e Guarani ficaram no empate de 0 a 0. 

Em mais uma grande festa do torcedor vascaíno na Série B, com a Arena da Amazônia lotada, Vasco e Guarani travaram duelo fraco tecnicamente, com muita disputa física e escancarando as limitações de ambos os elencos.

A equipe cruzmaltina teve grande dificuldade para seguir o futebol competitivo praticado nas últimas rodadas, e viu o Bugre se soltar ao longo do jogo mesmo com mais de 30 mil torcedores contra.

Destacando o fraco primeiro tempo, a equipe de Campinas foi pouco superior por conta das chances criadas. O time comandado pelo interino Ben-Hur Moreira chegou a assustar Thiago Rodrigues, goleiro do Gigante da Colina, que evitou o gol de Ernando no fim dos primeiros 45 minutos. O zagueiro cabeceou forte após a bola de Giovanni Augusto explodir no travessão. O placar em 0 a 0 teimava em ficar.

Na volta para a segunda etapa, o técnico Zé Ricardo promoveu logo cedo a entrada de Palacios para dar mais poder de criação ao time, que acordou no jogo e começou a frequentar mais a faixa perto da área do Guarani. No entanto, as chances claras ainda eram escassas.

Com muita lentidão na transição e pouca participação dos homens de frente, a Arena da Amazônia passou a cobrar lance após lance e foi perdendo a paciência com a igualdade no marcador.

Já nos últimos minutos, no famoso 'abafa', o Vasco aposotu no jogo aéreo e quase obteve sucesso. Primeiro com Gabriel Dias, que cabeceou nas mãos de Maurício Kozlinski, e depois com Erick, que completou o cruzamento de Palacios e obrigou o arqueiro do Guarani a fazer grande defesa.

O empate em 0 a 0 foi cofirmado após o apito final do árbitro Paulo Roberto Alves Junior. O Cruzmaltino conseguiu a manutenção de sua invencibilidade, enquanto o Bugre, que agora será comandado por Marcelo Chamusca, vai em busca da evolução na Série B.

O Cruzmaltino, ainda vivendo bom momento na competição, volta a campo na próxima quinta-feira (25), às 18h, contra o Brusque, em São Januário. O Bugre, por sua vez, terá seu próximo compromisso apenas no dia 28 (sábado), contra o Sampaio Corrêa, no Castelão, em São Luís-MA.

FICHA TÉCNICA
Guarani 0 x 0 Vasco
Local: Arena da Amazônia, em Manaus
Data e hora: quinta-feira (19/5), às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Victor Hugo Imazu (ambos do PR)
Cartões amaraloes: Matheus Pereira, Maurício Kozlinski e Madison (Guarani) / Thiago Rodrigues, Palacios, Gabriel Dias e Matheus Barbosa (Vasco)

GUARANI: Maurício Kozlinski; Diogo Mateus, Ronaldo Alves, Ernando (Leandro Castan) e Matheus Pereira; Leandro Vilela (Silas), Madison e Giovanni Augusto; Bruno José (Yago), Lucão (Nicolas Careca) e Júlio César (Ronald). Técnico: Ben-Hur Moreira (interino)

VASCO: Thiago Rodrigues; Gabriel Dias, Anderson Conceição, Quintero e Edimar; Andrey Santos (Isaque), Juninho (Matheus Barbosa) e Bruno Nazário (Palacios); Gabriel Pec, Figueiredo (Erick) e Raniel (Getúlio). Técnico: Zé Ricardo.

Herói do título da Europa League é noivo de supermodelo brasileira

Últimas