Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vasco é condenado pela Justiça do Trabalho a pagar valor milionário a ex-jogador

O processo que envolve Marcelo Mattos e o Cruz-Maltino está em andamento desde 2021

Futebol|

Mattos jogou 36 partidas pelo Vasco
Mattos jogou 36 partidas pelo Vasco Mattos jogou 36 partidas pelo Vasco

A Justiça do Trabalho condenou o Vasco a pagar R$ 5.271.076,68 ao ex-jogador Marcelo Mattos. No montante total estão incluídas indenizações por danos morais e estéticos. A informação foi confirmada pela reportagem.

O processo que envolve o jogador e o Cruz-Maltino se arrastava na Justiça do Trabalho desde 2021. No início da ação, a cobrança era de R$ 7.984.015,42. Porém, cerca de R$ 3 milhões pedidos pelo ex-volante não foram aceitos pela juíza responsável pelo caso.

Para processar o Vasco, Marcelo Mattos alegou problemas médicos que sofreu nos anos em que vestiu a camisa do Gigante da Colina. Em 2016, o ex-jogador sofreu a primeira lesão no joelho direito. Depois, passou por cinco procedimentos cirúrgicos para corrigir os problemas no local.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

Ao bater o martelo, a juíza declarou que o Vasco "agiu com absoluta negligência ao submeter o autor ao tratamento cirúrgico precoce e ainda compeli-lo ao retorno aos gramados em menos de quatro meses após a intervenção médica no joelho".

Publicidade

Além disso, "restou comprovada tecnicamente até mesmo a existência de nexo concausal entre as lesões e complicações sofridas pelo autor, com as patologias desenvolvidas, como a depressão e o vitiligo, além da presença dos danos estéticos".

Em 2019, Marcelo Mattos voltou a treinar. No entanto, o contrato terminou. O ex-volante esteve em campo em 36 jogos com a camisa do Vasco e marcou dois gols.

Com Capasso, Vasco soma mais de R$ 100 milhões em reforços para a temporada 2023

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.