Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Torcida do Corinthians protesta nas redes sociais após anúncio de Cuca

O treinador foi condenado por estupro, quando defendia o Grêmio, durante uma excursão para a Europa, na década de 80

Futebol|Do Live Futebol BR


Torcida do Corinthians protesta contra a contratação de Cuca
Torcida do Corinthians protesta contra a contratação de Cuca

O Corinthians anunciou, na tarde desta quinta-feira (20), Cuca como novo treinador, depois de Fernando Lázaro voltar para a função de auxiliar da comissão técnica fixa do clube. A notícia, porém, não caiu bem entre os torcedores.

O motivo? Na década de 80, Cuca e outros três jogadores do Grêmio foram condenados pelo estupro de uma jovem, de apenas 13 anos, durante uma excursão do clube gaúcho na Suíça.

Leia também

Cuca, Eduardo Hamester, Henrique Etges e Fernando Castoldi ficaram presos durante quase 30 dias na Suíça e retornaram ao Brasil após terem prestado depoimento. Dois anos depois, os quatro foram condenados a 15 meses de prisão, mas não cumpriram a pena.

Uma enxurrada de críticas tomou conta das redes sociais do clube na postagem do anúncio de Cuca. Confira algumas abaixo:

Publicidade

"Respeita as minas, mas contrata um cara condenado por abusar de uma CRIANÇA. Vcs são uma vergonha pra história do clube", "isso é um absurdo! é um absurdo com a história do corinthians e com o RESPEITA AS MINAS que vcs tanto falam"; "respeita a mina é só no falatório. vcs, duílio e renovação e transparência são os cúmplices de trazer um condenado pra dentro do clube que carrega essa bandeira"; e "em 23 anos de vida e de torcida, enfrentando derrotas, eliminações e rebaixamento, eu NUNCA senti vergonha do Corinthians. Hoje esse clube conseguiu me causar vergonha de verdade".

Não é a primeira vez

Publicidade

Em 2021, quando estava próximo de acertar seu retorno para o Atlético-MG, Cuca viu o assunto voltar à tona depois que torcedoras e torcedores alvinegros se posicionaram contra a sua contratação.

"Não houve estupro, como falam, como dizem as coisas. Houve uma condenação por ter uma menor adentrado o quarto, e simplesmente isso. Não houve abuso sexual, não houve tentativa de abuso ou coisa assim", disse Cuca à repórter Marília Ruiz.

Manipulação de jogos: conheça os jogadores investigados e o que aconteceu com cada um

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.