Copa do Mundo

Futebol Tite vê seleção classificada e jogo contra a Colômbia como teste 

Tite vê seleção classificada e jogo contra a Colômbia como teste 

Sem perder nas Eliminatórias, o Brasil empatou apenas um jogo, justamente contra os colombianos, fora de casa, há um mês

  • Futebol | Do R7

Técnico brasileiro relembrou as campanhas recentes da Colômbia nas duas últimas Copas

Técnico brasileiro relembrou as campanhas recentes da Colômbia nas duas últimas Copas

CBF

Para o técnico Tite, da seleção brasileira, o duelo desta quinta-feira (11), contra a Colômbia, pela 11ª rodada das Eliminatórias, já serve como uma preparação para a Copa do Mundo de 2022.

Líder invicto das Eliminatórias e virtualmente classificado, o treinador da seleção admite que já enxerga o Brasil no próximo Mundial e, com isso, o jogo contra os colombianos é planejado como o esboço de um duelo que pode acontecer no ano que vem, já pela principal competição entre seleções.

"É o jogo contra a Colômbia que temos que projetar. Para mim, estamos classificados para a Copa do Mundo com a pontuação. Diferentemente do outro estágio, partimos agora especificamente para jogos de Copa do Mundo, onde vamos enfrentar, por exemplo, uma Colômbia, em uma oitava, quartas de final. Trabalhar em cima do objetivo real, a Colômbia. A grandeza do jogo para mim vai estar na Copa e nós estamos trabalhando em cima dessa evolução e pressões", disse o treinador em entrevista coletiva virtual concedida na manhã desta quarta-feira (10), antes do último treinamento para enfrentar os colombianos.

O técnico brasileiro relembrou as campanhas da Colômbia nas duas últimas Copas do Mundo para chancelar a dificuldade geralmente imposta pelo adversário de forma recente. Sem perder nesta Eliminatória, o Brasil empatou apenas um jogo, justamente contra os colombianos, fora de casa, há cerca de um mês.

"Se a gente pegar a retrospectiva da Colômbia, vamos ver que em 2014 ela nos enfrentou nas quartas de final, isso por si só chancela. Em 2018, fez oitava de final contra a Inglaterra, disputada nos pênaltis. Por si só, a exigência técnica ao longo das duas eliminatórias que tive a oportunidade de participar tem mostrado a grandeza desses jogos", ressaltou Tite.

"Foram terceiros colocados na Copa América, onde mudaram um pouco o comportamento. Sempre foi rivalidade grande, onde a qualidade técnica era priorizada. Na Colômbia até a década de 90 e 2000, tivemos uma geração de equipes onde o talento era o diferencial, vieram em um jogo mais de embate", completou César Sampaio, auxiliar técnico da seleção, que também participou da coletiva virtual.

Sampaio, inclusive, relembrou o clima tenso entre os bancos de reservas de Brasil e Colômbia na vitória por 2 a 1 da seleção verde e amarela, em junho, pela Copa América, mas revelou que o técnico Reinaldo Rueda procurou Tite após a partida para se desculpar.

"No último jogo eles se desculparam. O Rueda e o auxiliar técnico vieram falar com o Tite e disseram que passaram do tom. São adversários onde os números mostram que conhecemos e eles nos conhecem", disse o integrante da comissão técnica.

A seleção brasileira encerra a sua preparação para o confronto diante dos colombianos nesta quarta-feira (10). A atividade acontecerá no CT Joaquim Grava, com a imprensa tendo acesso à atividade. Na coletiva, Tite disse que já tem time definido e será exposto na atividade.

"Tá definido o time, e à tarde vocês [imprensa] vão ter a oportunidade de acompanhar e confirmar a escalação", destacou o treinador.

O Brasil lidera a Eliminatória para a Copa do Mundo de 2022 com sobras. A seleção tem 31 pontos, seis a mais que a Argentina, que é a segunda colocada. Caso vença a Colômbia, a seleção Canarinho se garante matematicamente no Mundial do ano que vem.

Juntos, Neymar e Coutinho se desvalorizaram R$ 412 mi em 1 ano

Últimas