Athletico-PR bate reservas do Santos e obtém 3ª vitória consecutiva

Gol de cabeça de Thiago Heleno garantiu a vitória do Furacão na Arena da Baixada. Cuca poupou titulares para jogo do Peixe contra LDU

O jogador Lucas Braga do Santos durante a partida entre Athletico PR e Santos SP, valida pelo Campeonato Brasileiro, no Estádio Arena da Baixada

O jogador Lucas Braga do Santos durante a partida entre Athletico PR e Santos SP, valida pelo Campeonato Brasileiro, no Estádio Arena da Baixada

JOKA MADRUGA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O Athletico-PR venceu o Santos por 1 a 0 na Arena da Baixada neste sábado (21), pelo Campeonato Brasileiro. O gol do time paranaense foi marcado pelo zagueiro Thiago Heleno aos 29 minutos do segundo tempo.

Foi a terceira vitória consecutiva do Furacão no Brasileirão. O time subiu para a nona posição da tabela com 28 pontos em 22 jogos. O Santos está em sexto com 34 pontos em 22 jogos.

O Santos jogou com um time quase todo reserva e conseguiu segurar os ataques do Athletico-PR. Os titulares do Santos foram poupados pelo técnico Cuca para o jogo contra a LDU pela Libertadores, na próxima terça-feira (24).

Com isso, o Athletico-PR dominou a maior parte do jogo. O Santos conseguiu segurar o ímpeto do time local no primeiro tempo. Mas na segunda etapa, o Athletico-PR chegou à vitória com um gol de cabeça de Thiago Heleno em cobrança de escanteio de Ravanelli.

O Athletico-PR volta a jogar na terça-feira (25) contra o River Plate, em Curitiba, pelas oitavas-de-final da Libertadores. E no sábado (28) jogará contra o Palmeiras, no Allianz Parque, pelo Brasileirão.

O Santos volta a jogar na terça-feira (25) contra a LDU, em Quito, no Equador, pela Libertadores. E no sábado (28) enfrentará o Sport na Vila Belmiro, pelo Brasileirão. 

Athletico-PR: Santos; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner Vinicius; Wellington (Alvarado), Christian (Fabinho) e Leo Cittadini; Reinaldo (Ravanelli), Renato Kayzer (Bissoli) e Nikão (Aguilar). Técnico: Paulo Autuori.

Santos: John Victor; Pará, Laércio (Alex), Luiz Felipe e Wagner Leonardo; Vinicius Balieiro, Ivonei (Sandry), Jobson (Jean Mota) e Arthur Gomes; Marcos Leonardo (Marinho) e Lucas Braga. Técnico: Cuca.

Gol: Thiago Heleno, aos 29 minutos do segundo tempo.

Juiz: Marcelo de Lima Henrique

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).