Futebol Técnico do PSG aposta no título: 'Perder será grande decepção'

Técnico do PSG aposta no título: 'Perder será grande decepção'

Mesmo com um ponto a menos que o líder Lille, o técnico Maurício Pochettino esbanja confiança para domingo (23)

Agência Estado - Esportes
Pochettino utiliza discurso confiante

Pochettino utiliza discurso confiante

Guillaume Horcajuelo/EFE/12-05-21

O Paris Saint-Germain não imaginava chegar à última rodada do Campeonato Francês sem depender de suas forças para conquistar o tetracampeonato. Mesmo com um ponto a menos que o líder Lille, o técnico Maurício Pochettino esbanja confiança em reviravolta neste domingo (23) e em nova volta olímpica após a conquista da Copa da França na quarta-feira. "Se perdermos o título será uma grande decepção".

O PSG fez um campeonato de altos e baixos e fracassou nos duelos chaves quando podia assumir a liderança ao abrir vantagem na ponta. Derrapadas que custaram pontos preciosos e o obriga a ganhar na casa do Brest e ainda torcer por tropeço do Lille. Mesmo assim, Pochettino adora o discurso de que tudo dará certo.

"No futebol, é sempre necessário acreditar. É um dos nossos princípios. Sabemos que temos de vencer", disse. "Temos de estar preparados para o caso de o Lille não ter um bom desempenho contra o Angers. Não tenho mensagem a passar para qualquer um, apenas esperamos ganhar o título", afirmou o treinador, confiante em "ajuda" do Angers no outro confronto decisivo.

"Se perdermos o título será uma grande decepção", não esconde o técnico argentino. "Como nos preparamos? A motivação está aí, não vamos fazer muito. O mais importante é o estado de espírito que temos de ter amanhã. Teremos que fazer o nosso melhor."

Fora da final da Copa da França por suspensão, Neymar volta a fazer dupla com Mbappé para tentar conduzir o PSG à conquista mais dura das últimas temporadas.

"Estamos muito animados e motivados para o último jogo. Sabemos que não depende apenas de nós. Precisamos dos três pontos e estamos prontos", completou Pochettino. "Vivemos um ano difícil, jogamos de três em três dias desde janeiro, mas espero ganhar outro título. Estou muito feliz com o empenho dos jogadores."

Exemplo no esporte! Lewis Hamilton coleciona atitudes contra racismo

Últimas