Futebol Técnico da Argentina na Copa do Mundo 2014 morre aos 66 anos

Técnico da Argentina na Copa do Mundo 2014 morre aos 66 anos

Alejandro Sabella, que foi internado depois do anúncio da morte de Maradona, sofreu complicações no quadro de arritmia cardíaca

  • Futebol | Do R7

Alejandro Sabella comandou Argentina vice-campeã mundial na Copa 2014

Alejandro Sabella comandou Argentina vice-campeã mundial na Copa 2014

Jorge Zapata/EFE - 25/7/2014

O ex-técnico da seleção argentina, Alejandro Sabella, morreu nesta terça-feira (8), em Buenos Aires. O treinador vice-campeão na Copa do Mundo 2014 teve uma piora no quadro de arritmia cardíaca e não resistiu. A morte acontece menos de duas semans depois da perda do ídolo Diego Armando Maradona.

Sabella, que já sofria de problemas no coração, foi internado depois que soube da morte de Maradona, no último 25 de novembro. Desde então, o treinador estava internado no Instituto Cardiovascular da capital argentina. O jornal Clarín fala também em uma infecção hospitalar.

O treinador chegou ao comando da seleção em 2011. O time de Mascherano, Messi e companhia passou então a jogar um bom futebol e se destacou nas Eliminatórias. Na Copa do Mundo 2014, chegou ao vice-campeonato, perdendo a decisão para a Alemanha. Depois do 1 a 0 no Maracanã, ele deixou o cargo e nunca mais voltou a atuar no futebol apesar de sempre ter sido procurado.

Além do vice na Copa, Sabella, de estilo sereno à beira do gramado, também foi campeão da Libertadores com o Estudiantes-ARG, em 2009. Como jogador, começou no River Plate e vestiu também a camisa do Grêmio, na década de 1980.

Filhas abandonaram Maradona, garante irmã do craque argentino

Últimas