Futebol Sucesso de Palmeiras e Santos na decisão passa por jovens da base

Sucesso de Palmeiras e Santos na decisão passa por jovens da base

Finalistas da Copa Libertadores apostaram nos atletas de pouca idade para chegar à partida deste sábado (30), no Maracanã

  • Futebol | Do R7

Palmeiras (1) e Santos (3) colocam 4 títulos no gramado do Maracanã neste sábado

Palmeiras (1) e Santos (3) colocam 4 títulos no gramado do Maracanã neste sábado

Wilton Junior/Estadão Conteúdo - 29/1/2021

As categorias de base nos clubes brasileiros muitas vezes são vistas como uma forma de ganhar dinheiro. Descobrir craques novinhos e faturar com a venda deles para Europa ou Ásia. Mas Palmeiras e Santos, finalistas da Libertadores deste sábado (30), às 17 horas (de Brasília), no Maracanã, mostram que os garotos podem ser muito mais importantes do que apenas engordar os cofres dos times.

Justiça seja feita ao Alvinegro Praiano. Tradicionalmente, o Peixe conquista títulos importantes usando jovens talentos. É impossível não lembrar de Neymar, Gabigol, Robinho, Diego, Rodrygo... Entre outros no passado.

A lista é extensa, mas na temporada de 2020/21 o clube não teve outra opção. Já que cumpre punição imposta pela Fifa e não pode registrar nenhum novo jogador na CBF por causa de dívidas com o Hamburgo, da Alemanha, pela negociação de Cleber Reis; e com Huachipato, da Venezuela, por contratação de Soteldo. O jeito foi usar os meninos. Deu certo.

Em entrevista coletiva Cuca disse que é base que mantém o Santos na primeira divisão do futebol brasileiro. "Opções estão nascendo. Temos outros em mente para ganharem corpo, experiência, maturidade. Nada melhor do que jogarem dentro de vitórias. Com vento a favor sempre é mais fácil. Aqui em Santos tem essa mística, Santos é um dos poucos que nunca caíram por causa da base. Esses meninos sempre dão conta", decretou o treinador.

John deve ser titular do Santos na decisão

John deve ser titular do Santos na decisão

Ivan Storti/Divulgação/Santos FC

No elenco finalista da Libertadores a base já marca presença logo no gol. As duas opções de Cuca, John e João Paulo, estão no clube desde 18 anos - John, inclusive, deve ser o titular para a partida pelo o que se pode ver dos treinos no Rio. Quando o treinador precisou deles, tanto um qunato outro fecharam a meta santista.

Além dos dois, tem o goleador Kaio Jorge, no clube desde os 10 anos; Alison, o capitão, que chegou aos 11 anos; Lucas Veríssimo, que já está vendido para o Benfica, mas joga contra o Palmeiras;  Artur Gomes, Vinicius Balieiro, Felipe Jonatan, Marcos Leonardo e Bruno Marques. 

Gabriel Jesus foi primeiro da fila

Já o Palmeiras nunca foi lembrado por aproveitar tanto as categorias de base. Quem começou a mudança foi o ex-presidente Paulo Nobre e Gabriel Jesus foi o marco da nova fase, ao ser campeão Brasileiro em 2016 e ser vendido ao Manchester City por mais de 20 milhões de euros.

De Paula e Gabriel Menino se destacaram em 2020

De Paula e Gabriel Menino se destacaram em 2020

Cesar Greco/Divulgação/Palmeiras

Em 2020, a mudança foi completa. No lugar gastar uma fortuna com reforços, o time só trouxe Rony e subiu os garotos que estavam bem na base. Entre os jovens estão Gabriel Menino, Patrick de Paula, Gabriel Veron, Danilo, Wesley e Lucas Esteves, quatro devem ser titulares nesta tarde. E Wesley estava no time principal, até sofre uma contusão e ainda não está 100% para jogar.

Em entrevista para a Conmebol, Menino não escondeu a ansiedade de poder entrar para história do Verdão. “Você olha para as fotos que estão no clube, no estádio, e se imagina lá também. É um incentivo a mais, o Palmeiras é um dos maiores clubes do Brasil e do mundo. Quem não quer deixar seu nome na história e ser ídolo de um clube enorme do futebol brasileiro? Deixar uma marca e ter reconhecimento dos torcedores palmeirenses pela vida toda?”

Dinheiro além das negociações

Com categorias de base fortes não se lucra somente na saída dos atletas. Um bom elenco leva times às decisões e consequentemente as altas premiações engordam os cofres das equipes.
O campeão de Libertadores vai embolsar 15 milhões de dólares, mais de R$ 81 milhões. O vice-campeão receberá 6 milhões de dólares, cerca de R$ 32 milhões. Sem esquecer que clubes Palmeiras e Santos já receberam R$ 40 milhões por estar na final.

Com o dinheiro do título, o Verdão poderia trazer um jogador experiente e ainda sobraria uma grana para pagar salários. No Peixe, ajudaria muito na quitação de parte das dívidas.

Veja as prováveis escalações de Palmeiras x Santos

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Matías Viña; Danilo, Zé Rafael (Patrick de Paula), Gabriel Menino e Raphael Veiga; Rony e Luiz Adriano. Técnico: Abel Ferreira

SANTOS: John; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Lucas Braga; Marinho, Kaio Jorge e Soteldo. Técnico: Cuca

Motivo: Final da Conmebol Libertadores 2020
Data: 30 de janeiro de 2021
Hora: 17h (de Brasília)
Local: Maracanã, em Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Patrício Loustau (ARG)

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Abel e Cuca mudam Palmeiras e Santos, mas só um leva Libertadores 

Últimas