Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

STF define nesta terça (25) se goleiro Bruno voltará à prisão

Rodrigo Janot, procurador-geral da República, encaminhou parecer contra habeas corpus

Futebol|Do R7

Bruno voltou a atuar no futebol profissional, mas liberdade está ameaçada
Bruno voltou a atuar no futebol profissional, mas liberdade está ameaçada Bruno voltou a atuar no futebol profissional, mas liberdade está ameaçada

Em liberdade condicional desde o último dia 24 de fevereiro, o goleiro Bruno, do Boa Esporte, viverá um dia de tensão nesta terça-feira (25).

O Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou, por meio de sua assessoria, que a Primeira Turma se reunirá para analisar, de forma definitiva, o habeas corpus concedido ao goleiro, colocado em liberdade por decisão do ministro Marco Aurélio Mello.

Lúcio Adolfo, advogado do jogador, contou ao jornal Extra, do Rio, que Bruno está apreensivo com o que pode vir a acontecer, mas que confia na permanência longe da cadeia.

"O Ministro Marco Aurélio Mello concedeu a medida liminar, que é algo muito dificil. Não acredito que haja uma volta do Bruno para a cadeia. Ele não esta na gandaia, não fala mal de ninguém. Ele está calmo e tranquilo, trabalhando. Está apreensivo, mas confia no Judiciário".

Publicidade

Especialistas em marketing criticam contratação de Bruno

Bruno acertou seu retorno ao futebol horas depois de ser colocado em liberdade, e vem atuando normalmente pelo Boa Esporte na Segunda Divisão do Campeonato Mineiro.

A presença de Bruno no time de Varginha aumentou a exposição do Boa para o bem e para o mal. Enquanto parte da torcida o recebeu de braços abertos, os patrocinadores do clube resolveram virar as costas para a equipe e romperam os contratos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.