Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Soteldo afirma que vestir a 10 do Santos é mais difícil após a morte de Pelé: 'Pressão enorme'

Conselheiros e presidente do clube haviam levantado a possibilidade de aposentar a lendária camisa

Futebol|Do R7, com Lance

Soteldo se posicionou sobre possibilidade de aposentar a camisa 10 do Santos
Soteldo se posicionou sobre possibilidade de aposentar a camisa 10 do Santos Soteldo se posicionou sobre possibilidade de aposentar a camisa 10 do Santos

O meia venezuelano Yeferson Soteldo compareceu ao velório do Rei Pelé nesta segunda-feira (2), no estádio da Vila Belmiro, em Santos, e falou com jornalistas sobre a possibilidade de aposentadoria da camisa 10 do clube alvinegro.

"Eu cheguei com muito respeito a essa camisa e ao clube. Por respeito a ele, é uma baita responsabilidade. Acho justa a homenagem, porque é o Rei", disse o atleta.

"Em um vídeo, ele disse que não queria isso. Queria que continuássemos representando. Para mim, é uma honra vestir a 10 do Santos. Agora vai ser mais difícil. É muita pressão e muita responsabilidade", complementou o venezuelano.

O debate sobre a possível aposentadoria da lendária camisa usada pelo Rei do Futebol já foi levantada por conselheiros e até pelo próprio presidente do clube, Andrés Rueda. Mas a ideia está praticamente descartada depois que circulou um vídeo de Pelé em que ele afirma o desejo de que a 10 continue a ser utilizada.

Publicidade

O Santos, porém, ainda prestará homenagens a Pelé por meio do uniforme. Já na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o time alvinegro terá uma coroa no escudo.

Outro atleta presente à Vila Belmiro foi o meio-campo Ângelo. Revelado no próprio Santos, o jogador destacou a importância de Pelé para o clube e também para o futebol.

Publicidade

"Ele vai ser eterno nas nossas vidas e nos nossos corações. É uma honra estar jogando no meu clube do coração, onde Pelé jogou. É um tristeza perdê-lo, mas [quero] agradecer a ele por tudo o que fez pelo Brasil e pelo futebol. A importância dele é essencial. Sem ele, não existiriam os Meninos da Vila", enalteceu Ângelo.

Além dos dois, o zagueiro Messias e o atacante Marcos Leonardo foram se despedir de Pelé, assim como o técnico Odair Hellmann.

Publicidade

Liberados para as festas de fim de ano, os jogadores do Santos voltam aos treinamentos nesta terça-feira (3), no CT Rei Pelé.

A estreia do Peixe no Campeonato Paulista está marcada para o dia 14 de janeiro, contra o Mirassol, na Vila Belmiro. O Santos está no Grupo A, ao lado de Botafogo, Red Bull Bragantino e Inter de Limeira.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.