Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Sem os 'grandes', Série B do Brasileiro promete ser equilibrada

Com 20 clubes, a segunda divisão do Brasileiro começa nesta sexta-feira (13) e vai até o final de novembro para definir os quatro promovidos à série A

Futebol|Do R7

Rogério Ceni comandará o Fortaleza na série B do Brasileirão
Rogério Ceni comandará o Fortaleza na série B do Brasileirão Rogério Ceni comandará o Fortaleza na série B do Brasileirão

Diferentemente dos anos anteriores, a Série B do Campeonato Brasileiro de 2018 não tem nenhum dos chamados "grandes" clubes do País e por isso promete ser bastante equilibrada. Destaques também para os clássicos regionais como Guarani x Ponte Preta, Avaí x Figueirense, CRB x CSA e Goiás x Vila Nova.

Justamente devido a esse equilíbrio é difícil apontar os quatro candidatos ao acesso à elite. Já em relação ao rebaixamento, São Bento, Oeste, Boa e Sampaio Corrêa não podem bobear. Tudo, porém, deve ser resolvido nas rodadas finais, pois o "perde e ganha" nesta temporada deve ser algo comum.

Entre os 20 participantes, o Estado que possui mais representantes é São Paulo. Rebaixada no ano passado, a Ponte Preta vai reencontrar o Guarani depois de cinco anos sem o tradicional dérbi de Campinas. O rival vem animado com a conquista da Série A2 do Campeonato Paulista ao vencer na final o Oeste, que também está na Série B. Já o São Bento volta a disputar a segunda divisão nacional após 25 anos.

Goiás é outro Estado que merece destaque com os três principais clubes na mesma divisão. Campeão em 2016, o Atlético Goianiense está de volta à Série B após realizar uma campanha ruim no Brasileirão do ano passado, terminando como lanterna. Ele terá pela frente os rivais Goiás e Vila Nova. Comandado pelo técnico Hélio dos Anjos, o time esmeraldino promete brigar pelo acesso depois de decepcionar em 2017.

Publicidade

Rebaixado no ano passado, o Avaí vai reencontrar o rival Figueirense - o Criciúma também representa Santa Catarina. Outro clássico que merece destaque é entre CSA e CRB, que fizeram a final do Campeonato Alagoano no último final de semana, quando o time azul de Maceió levou a melhor.

Dois tradicionais clubes brasileiros estão na Série B. Rebaixado, o Coritiba inicia o campeonato pressionado depois de perder a final paranaense para o time reserva do Atlético Paranaense. O Coritiba busca o bicampeonato. De volta depois de oito anos na Série C, o Fortaleza tem como principal aposta o treinador: Rogério Ceni. O ídolo do São Paulo foi bancado no cargo pela diretoria após ficar com o vice no Campeonato Cearense.

Publicidade

Finalista do Campeonato Gaúcho - perdeu a decisão para o Grêmio -, o Brasil de Pelotas aposta na manutenção da base para surpreender na Série B, assim como o Londrina, que contratou o atacante multicampeão Dagoberto. Alguns times iniciam o campeonato sob desconfiança: Boa, Sampaio Corrêa, Juventude e Paysandu.

Confira a 1.ª rodada da Série B do Brasileiro:

Publicidade

Sexta-feira (13)

19h15

Fortaleza-CE x Guarani-SP

20h30

Oeste-SP x CRB-AL

Atlético-GO x Criciúma-SC

21h30

Figueirense-SC x Juventude-RS

Sábado (14)

16h30

Brasil-RS x São Bento-SP

Vila Nova-GO x Avaí-SC

CSA-AL x Goiás-GO

Londrina-PR x Boa-MG

19 h

Sampaio Corrêa-MA x Coritiba-PR

21 horas

Ponte Preta-SP x Paysandu-PA

De Rodrygo a Liziero, confira dez revelações do Brasil na temporada

Rogério Ceni, Fortaleza
Rogério Ceni, Fortaleza Rogério Ceni, Fortaleza

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.