Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

São Paulo se torna primeiro clube a assinar Pacto Nacional pela Consciência Vacinal

Criada pelo Conselho do Ministério Público, iniciativa quer alertar para baixos índices da cobertura vacinal no Brasil nos últimos anos

Futebol|Do R7

São Paulo vai aderir a iniciativa que incentiva vacina
São Paulo vai aderir a iniciativa que incentiva vacina São Paulo vai aderir a iniciativa que incentiva vacina

O São Paulo Futebol Clube vai se tornar o primeiro clube do futebol brasileiro a assinar o Pacto Nacional pela Consciência Vacinal. A iniciativa, encabeçada pelo CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), tem a função de conscientizar a população sobre a importância da vacinação no país.

O ingresso do time paulista na iniciativa será selado na próxima segunda-feira (24) em cerimônia no Estádio do Morumbi, na zona sul da capital paulista.

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

A Record TV aderiu à campanha em maio durante encontro na sede do Conselho, em Brasília. Na ocasião, assinaram a adesão o presidente da empresa, Luiz Cláudio Costa, o procurador-geral da República e presidente do CNMP, Augusto Aras, e o presidente da Comissão de Saúde do CNMP, conselheiro Jayme de Oliveira.

Entenda o pacto

"Lançado em 30 de novembro de 2022, o Pacto Nacional pela Consciência Vacinal tem o objetivo de incentivar uma atuação coordenada e nacional entre o Ministério Público brasileiro e órgãos e entidades envolvidos com a saúde pública, em busca da consciência vacinal e da retomada de índices seguros e homogêneos de cobertura de vacinas em todo o Brasil", diz o CNMP, em nota.

Publicidade

"A iniciativa partiu da preocupação com os baixos índices da cobertura vacinal no Brasil nos últimos anos. Neste primeiro momento, o foco da atuação será a vacinação contra a poliomielite, cujos números estão em queda expressiva", completa o texto.

Quem já aderiu?

Segundo o CNMP, já aderiram ao Pacto Nacional pela Consciência Vacinal: Governo de Minas Gerais, Governo do Paraná (TJPR TCE-PR, TRE-PR, prefeitura de Curitiba, Amapar, OAB/PR), Ministério da Saúde, Opas/OMS, Conass, Conasems, Fiocruz Brasília, Fonajus, ANS, CFOAB, Anoreg-BR, CFF, CNPG, 1ª CCR/MPF, GNDH, MPT, MP/AC, MP/BA, MP/RO, MP/PI, MP/PR, MP/MA, MP/AL, MP/PB, MP/ES, MP/SP, MP/MG, MP/MS, TJ/MS, TRE/MS e Amamsul.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.