Futebol São Paulo derrapa também no continente, perde para Del Valle e fica com vice da Sul-Americana

São Paulo derrapa também no continente, perde para Del Valle e fica com vice da Sul-Americana

Lautaro Díaz e Faravelli marcaram os gols que garantiram o segundo título do torneio aos equatorianos

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Resumindo a Notícia

  • São Paulo perdeu por 2 a 0 para Independiente del Valle-EQU
  • Lautaro Díaz e Faravelli fizeram os gols da equipe equatoriana
  • Ataque tricolor bem que tentou, mas perdeu muitas oportunidades
  • Foco do clube se volta ao Campeonato Brasileiro

O São Paulo falhou no seu plano de retomar o protagonismo no continente. Neste sábado (1º), o Independiente del Valle se consagrou campeão da Copa Sul-Americana, pela segunda vez em sua história, com uma vitória por 2 a 0 sobre o time brasileiro. No estádio Mario Alberto Kempes, o time comandado por Martín Anselmi surpreendeu o Tricolor e a torcida que se deslocou até Córdoba, na Argentina. 

Lautaro Díaz e Faravelli fizeram os gols que pintaram a noite com as cores equatorianas. Do outro lado, abatidos, os jogadores do São Paulo lamentaram a chance de voltar à Copa Libertadores, em 2023. No Brasileiro, o time precisa pontuar mais para se classificar novamente para as competições internacionais.

São Paulo tenta, mas Lautaro Diaz brilha

O primeiro tempo começou com o São Paulo buscando criar a iniciativa; apesar disso, foi o Del Valle que abriu o placar. Logo aos 12’, Diego Costa falhou, a bola ficou com Faravelli, que encontrou Lautaro Díaz. O goleador do time equatoriano não desperdiçou e abriu o placar em Córdoba.

Lautaro Díaz comemora primeiro gol do Independiente del Valle na final da Sul-Americana

Lautaro Díaz comemora primeiro gol do Independiente del Valle na final da Sul-Americana

Foto: Staff/Conmebol

Na sequência, Sornoza teve a oportunidade de ampliar, mas mandou um bolão na trave. O São Paulo então conseguiu equilibrar o jogo e conseguiu criar mais oportunidades. Calleri teve algumas chances, mas acabou perdendo os gols. O lado direito do campo, com Igor Vinícius, era o mais acionado do campo.

Mesmo com o equilíbrio, o São Paulo não conseguiu empatar o jogo, e foi para o intervalo com a desvantagem no placar.

Tricolor Paulista volta com mais gás, mas Del Valle se fecha e amplia

Já no início do segundo tempo, o São Paulo iniciou melhor e pressionando bastante o adversário. Em três minutos de jogo, o time do Morumbi já havia finalizado duas vezes com bastante perigo. Rodrigo Nestor mandou uma bomba no gol, mas Ramírez fez excelente defesa, depois Calleri de cabeça quase empatou para os brasileiros, mas a bola foi para fora. Na sequência, o camisa 9 ajeitou e cruzou para o meio da área, mas ninguém chegou para finalizar.

O Del Valle foi se fechando na defesa, o que dificultava ao São Paulo chegar ao ataque. Aos 20’, o jogo ficou mais equilibrado, e o Del Valle passou a controlar mais o jogo. Em algumas jogadas, os atletas do Equador passaram a segurar a bola e demorar para repor ao campo.

Aos 21, Sornoza foi lançado nas costas de Diego, Lautaro Díaz apareceu e encontrou Faravelli, que não desperdiçou e ampliou o placar para os equatorianos.

Já nos minutos finais, Calleri e Diego Costa, do São Paulo, receberam o segundo cartão amarelo na partida e foram expulsos de campo. Na saída do gramado, a torcida aplaudiu o camisa 9 do Tricolor. 

FICHA TÉCNICA

São Paulo 0 X 2 Independiente Del Valle
Local:
Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba, na Argentina
Data e hora: Sábado (1º), às 17h (de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Auxiliares: Alexander Guzman e Wilmar Navarro (COL)
VAR: Julio Bascuñan (CHI)
Cartão amarelo: Carabajal, Schunke e Perellano (Independiente Del Valle); Reinaldo, Calleri e Diego Costa (São Paulo)

Cartão vermelho: Calleri e Diego Costa (São Paulo)

Gols: Lautaro Díaz aos 12’/1T e Faravelli aos 21’/2T (Independiente Del Valle)

SÃO PAULO: Felipe Alves; Igor Vinícius, Diego Costa, Léo e Reinaldo; Pablo Maia, Rodrigo Nestor (Igor Gomes), Patrick (Eder) e Alisson (Galoppo); Luciano e Calleri. Técnico: Rogério Ceni

DEL VALLE: Moisés Ramírez; Schunke, Segovia e Carabajal; Matías Fernández, Marco Angulo (Gaibor), Faravelli (Mateo Ortíz), Pellerano e Chávez (Beder Caícedo); Sornoza (Ayoví) e Lautaro Díaz (Joao Ortiz). Técnico: Martín Anselmi

São Paulo X Del Valle: confira as melhores fotos da final da Sul-Americana

Últimas