Futebol Santos tem boas recordações do Chile, onde joga na quinta-feira

Santos tem boas recordações do Chile, onde joga na quinta-feira

Time venceu campeonatos importantes relacionados ao país; dessa vez, pela Sul-Americana, o duelo será contra o Unión La Calera

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Neymar foi o capitão santista na conquista da Recopa 2012 contra Universidad de Chile

Neymar foi o capitão santista na conquista da Recopa 2012 contra Universidad de Chile

Santos FC/Arquivo

Se lançar um olhar ao seu passado, o Santos ganhará confiança extra para o jogo contra o Unión La Calera na quinta-feira (28), às 21h30, pela Copa Sul-Americana 2022. É que o Peixe já festejou importantes conquistas relacionadas ao Chile, país onde a partida será disputada – especificamente no Estádio Sausalito, em Viña del Mar.

O Alvinegro Praiano é, por exemplo, o maior vencedor do antigo Torneio Hexagonal do Chile. Foram três conquistas, em 1965, 1970 e 1977, além de um segundo lugar, em 1967, só perdendo em saldo de gols para o Vasas, da Hungria.

Em 1977, antes de levantar a taça ao vencer o Universidad de Chile, por 2 a 0, o Peixe fez outros quatro jogos, ganhando três – inclusive contra o Everton, de Viña del Mar, por 4 a 0.

Será no Centro de Treinamento do Everton que os santistas – que viajam na tarde desta terça (26) – treinarão na tarde de quarta-feira (27).

Foi o Santos também o vencedor do Torneio Octogonal do Chile, em 1968. A competição homenageou Nicolau Moran, dirigente do Peixe falecido naquela época.

Há dez anos, a Recopa
Mais recentemente, em 2012, foi fundamental um empate sem gols em 22 de agosto, na capital chilena, Santiago, com Universidad de Chile, no jogo de ida da Recopa Sul-Americana, para que o Santos se tornasse campeão da competição na volta, disputada em 26 de setembro, no Pacaembu: 2 a 0.

Em campo estavam os campeões da Copa Libertadores da América de 2011 (Santos) e da Copa Sul-Americana do mesmo ano (Universidad). Neymar foi o capitão na decisão.

O time escalado por Muricy Ramalho era formado por: Rafael; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Felipe Anderson e Patito Rodríguez; Neymar e André.

CR7 negocia compra de mansão avaliada em R$ 50 milhões no Brasil

Últimas