Futebol Santos perde para Vasco, mas garante vaga na Copa do Brasil

Santos perde para Vasco, mas garante vaga na Copa do Brasil

Raul e Ricardo deram esperança aos torcedores em São Januário no primeiro tempo. Jorge carimbou classificação do Peixe para próxima fase do torneio

Vasco x Santos

Vasco e Santos fizeram partida equilibrada nesta quarta-feira (24), em São Januário

Vasco e Santos fizeram partida equilibrada nesta quarta-feira (24), em São Januário

Wallace Teixeira/Estadão Conteúdo - 24.4.2019

De uma classificação que muita gente dava como certa, o Santos teve trabalho nesta quarta-feira (24), em São Januário, no Rio. O time perdeu para o Vasco por 2 a 1, mas com a vantagem do jogo de ida (2 a 0 na Vila Belmiro) avançou às oitavas de final da Copa do Brasil. Raul e Ricardo fizeram os gols do time da casa, mas Jorge garantiu a vaga dos visitantes.

O time de Jorge Sampaoli conhecerá o adversário da próxima fase só em sorteio realizado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), na sexta-feira, na sede da entidade.

COSME: A dignidade de Ceni. Disse não ao Atlético e fica no Fortaleza

Com o apoio da sua apaixonada torcida, o Vasco tratou de ir para cima logo nos primeiros minutos. Logo aos 12, conseguiu chegar ao gol com o volante Raul, após saída errada da defesa do Santos. Ainda no primeiro tempo, o time ampliou com o zagueiro Ricardo, de cabeça.

Apesar do resultado desfavorável na partida, o time de Sampaoli aos poucos foi se encaixando na partida. Em um vacilo da defesa dos donos da casa, o Peixe chegou ao gol com o lateral-esquerdo Jorge, aos 8 minutos do segundo tempo.

Já na metade do segundo tempo, o Vasco foi para cima e abriu espaço e permitiu os avanços do Santos. As oportunidades desperdiçadas irritaram Sampaoli, que acabou expulso pela arbitragem de Rafael Traci — não há VAR (árbitro de vídeo assistente) nesta fase da Copa do Brasil.

A bronca do treinador fazia sentido. O time da Colina chegou ao gol nos acréscimos, que levaria a partida para os pênaltis. Para alívio do Peixe, o árbitro assinalou impedimento. Pior que isso, Máxi López perdeu a grande chance, cara a cara com Éverson. Ainda assim, os donos da casa criticaram a atuação da arbitragem no fim.

Depois da partida pela Copa do Brasil, os times voltam as atenções para a estreia no Campeonato Brasileiro. O Vasco enfrenta o Athletico Paranaense, de novo em São Januário. Também no domingo, o Santos tem pela frente o Grêmio, em Porto Alegre.

VASCO 2 X 1 SANTOS

Data/Hora: 24/04/2019, às 19h15 (de Brasília)
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rafael Traci (SC) 
Auxiliares: Helton Nunes (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
Público/renda: 8.859 / R$ 181.098,00
Cartão amarelo: Lucas Mineiro e Cáceres (VAS); Soteldo, Yuri Lima e Alison (SAN)

Gols: Raul 12'/1ºT (1-0), Ricardo Graça 38'/2ºT (2-0), Jorge 8'/2ºT (2-1)

VASCO: Fernando Miguel (Alexander, 24'/1ºT); Cáceres (Yan Sasse, 38'/2ºT), Werley, Leandro Castán (Ricardo Graça, 10'/1ºT) e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro, Lucas Santos e Yago Pikachu; Marrony e Maxi López. Técnico: Marcos Valadares.

SANTOS: Everson; Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Jorge; Alison 0(Soteldo - Intervalo), Diego Pituca, Carlos Sánchez (Jean Lucas, 23'/2ºT) e Jean Mota (Yuri Lima, 42'/2ºT); Rodrygo e Derlis González. Técnico: Jorge Sampaoli.

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook

Herança genética? Filhos de craques da bola seguem carreira no futebol