Futebol Santos perde para o Goiás e fica mais longe do G6 do Brasileiro

Santos perde para o Goiás e fica mais longe do G6 do Brasileiro

Soteldo faz boa partida, mas vê Pedro Raul brilhar com dois gols na vitória goiana por 2 a 1, nesta segunda-feira, na Vila Belmiro

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Soteldo tenta dominar a bola

Soteldo tenta dominar a bola

Ivan Storti/Santos FC - (05.09.2022)

O Santos recebeu o Goiás e perdeu por 2 a 1 na noite desta segunda-feira (5), na Vila Belmiro, em partida de encerramento da 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Gols de Pedro Raul para os goianos (duas vezes) e de Sávio, contra, em favor do Peixe.

Com o resultado, o Alvinegro Praiano deixa de ser o 9º colocado e vira 10º, com 34 pontos. O Goiás sobe de 11º para 9º, com 35.

Sob chuva e com temperatura em queda, a partida começou com gol dos goianos: logo no primeiro minuto, Pedro Raul aproveitou lançamento de Dadá Belmonte pela direita e se beneficiou da desatenção da defesa do Peixe. 1 a 0 em cabeceio certeiro.

Os donos da casa tentaram responder em três ataques seguidos com Zanocelo, Rodrigo Fernández e Soteldo, mas o goleiro Tadeu executou boas defesas e não permitiu o empate.

Acostumado a ter baixa posse de bola em toda a competição, o Goiás tratou logo de adotar uma retranca para suportar a pressão santista. Que, por sua vez, resultou em pancada de Zanocelo com bola na trave direita dos visitantes.

O Goiás teve a chance de ampliar com chute venenoso de Dadá Belmonte. O Peixe quase empatou com Zanocelo em cabeceio e outro chute.

O primeiro tempo seguiu muito movimentado e com grande atuação de Soteldo pelo lado esquerdo, mas fato novo mesmo foi a saída de Rodrigo Fernández, que sentiu dores, para a entrada de Luan no Alvinegro Praiano. 

Segundo tempo
Precisando do resultado, o Santos logo se lançou com chute de longe de Carabajal. E foi premiado em outro, cruzado, de Madson: a bola desviou em Sávio, do Goiás, e entrou: 1 a 1.

Mas quem se deu bem logo depois foi Pedro Raul. Após Luan ser desarmado, a bola chegou até o goleador, que venceu Bauermann e encobriu João Paulo: segundo dele na partida e gol de número 14 na competição, da qual é o artilheiro. 2 a 1 para o Goiás, placar final.

Agenda
O próximo duelo do Santos será no sábado (10), às 16h30, contra o Ceará, na Arena Castelão, pela sequência do Brasileirão. Já o Goiás recebe o Flamengo no domingo (11), às 19h, no Estádio da Serrinha.

FICHA TÉCNICA
Santos 1 x 2 Goiás
Local: Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), em Santos (SP)
Data e hora: segunda (5/9), às 20h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA/RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA/RS) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
VAR: Diogo Carvalho Silva (RJ)

Gols: Pedro Raul (Goiás), ao 1'/1ºT; Sávio (Goiás, contra), aos 9'/2ºT; Pedro Raul (Goiás), ao 15'/2ºT
Cartões amarelos: Carabajal (Santos), aos 21'/2ºT; Sávio (Goiás), aos 44'/2ºT

SANTOS: João Paulo; Madson (Nathan), Maicon, Eduardo Bauermann e Felipe Jonatan (Lucas Pires); Rodrigo Fernández (Luan), Vinícius Zanocelo e Gabriel Carabajal (Lucas Barbosa); Lucas Braga (Jhojan Julio), Soteldo e Marcos Leonardo. Técnico: Lisca.

GOIÁS: Tadeu; Maguinho, Caetano, Reynaldo e Sávio; Auremir (Lucas), Diego e Marquinhos Gabriel (Matheus); Vinícius (Apodi), Pedro Raul (Nicolas) e Dadá Belmonte. Técnico: Jair Ventura.

Últimas