Futebol Santos perde para Athletico e sai atrás nas quartas da Copa do Brasil

Santos perde para Athletico e sai atrás nas quartas da Copa do Brasil

Peixe foi mal na ida das quartas de final e foi derrotado por 1 a 0, gol de Renato Kayse. Jogo de volta é no dia 14 de setembro

  • Futebol | Pietro Otsuka, do R7

O Santos não foi bem na Arena da Baixada e perdeu nesta quarta-feira (25) por 1 a 0 para o Athletico, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Renato Kayser, ainda no primeiro tempo, fez o gol solitário da partida. O jogo de volta acontece só no dia 14 de setembro, na Vila Belmiro.

O primeiro tempo foi inteiramente do Athletico-PR. O Furacão tirou os espaços do Santos, que gosta de armar desde a defesa, e explorou bem os contra-ataques quando roubava a bola, especialmente no campo de ataque. A pressão inicial levou perigo ao gol de João Paulo e a equipe de Antônio Oliveira carimbou a trave com menos de 10 minutos, em belo chute de fora de Jader.

Santos é derrotado pelo Athletico e sai atrás nas quartas da Copa do Brasil

Santos é derrotado pelo Athletico e sai atrás nas quartas da Copa do Brasil

MIGUEL LOCATELLI/UAI FOTO/ESTADÃO CONTEÚDO - 25/08/2021

Alguns minutos depois, em cobrança de escanteio, Richard desviou de cabeça no primeiro pau e Renato Kayzer, na segunda trave, marcou o primneiro gol, nas costas de Felipe Jonathan. Depois de estrear o marcador, o Athletico chegou diversas vezes ao gol. Só Nikão teve três boas oportunidades de marcar, abrindo para a perna esquerda e buscando o chute colocado, mas também tentando a finalização no contrapé.

O Peixe, por outro lado, pouco ameaçou o gol do goleiro Santos. A única defesa difícil do arqueiro foi em chute de fora da área de Jean Mota. Fora isso, a equipe de Fernando Diniz tinha até bastante a posse de bola, mas não conseguia desenvolver seu jogo. Marcos Guilherme, improvisado por dentro, não conseguiu dar a fluidez desejada na saída e deixava muitos espaços nos momentos defensivos. 

Santos segue mal; VAR não funcionou

undefined

No segundo tempo, o Santos voltou até melhor, mas os problemas defensivos persistiam. O Athletico chegava com perigos pelos dois lados, abusando das inversões de bola, que sempre encontravam alguns jogador do Furacão nas costas dos laterais santistas. 

Em uma das poucas chegadas ao campo de ataque, o Santos tentou cruzamento na segunda trave e Kayser recuperou a bola. O domínio do atacante, no entanto, acabou sendo ajudado por um braço aberto do jogador, que o juiz não interpretou como pênalti. A jogada nem chegou a ser analisada pelo VAR e o Peixe ficou na reclamação.

O árbitro de vídeo voltou a ser protagonista nos minutos finais da partida. O Athletico marcou o segundo gol, com Mingotti, após bela jogada de Pedro Rocha. O atacante recebeu na entrada da pequena área e colocou no ângulo, mas o lance foi anulado por impedimento. A jogada, porém, não foi revisada pelo VAR. 

Próximos confrontos

O Santos volta a campo no próximo sábado (28), em compromisso válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Peixe recebe o Flamengo, na Vila Belmiro, às 19h. 

Já o Athletico encara outra pedreira no Brasileirão, também no sábado (21). O Furacão encara o Palmeiras, fora de casa, no Allianz Parque, às 21h. 

Sport demite técnico e Brasileirão já tem nove treinadores sem emprego

Últimas