Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Santos perde nos pênaltis para o Táchira e é eliminado da Sul-Americana

Partida decisiva foi disputada na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, com casa cheia; Fabián Bustos tem cargo ameaçado

Futebol|Do Live Futebol BR

Goulart entrou no fim do segundo tempo, abriu cobrança de pênaltis e perdeu
Goulart entrou no fim do segundo tempo, abriu cobrança de pênaltis e perdeu Goulart entrou no fim do segundo tempo, abriu cobrança de pênaltis e perdeu

Com um a menos desde o final do primeiro tempo, o Santos buscou o empate com o Deportivo Táchira em 1 a 1, mas perdeu na disputa de pênaltis por 4 a 2 e deu adeus à chance de avançar às quartas de final da Copa Sul-Americana de 2022. Ricardo Goulart e Lucas Barbosa desperdiçaram as suas cobranças na noite desta quarta-feira (6), na Vila Belmiro.

O ganhador agora espera a definição sobre quem vai pegar nas quartas de final: sairá do vencedor entre Independiente del Valle (Equador) e Lanús (Argentina), que jogam nesta quinta (7), às 19h15, em Lanús. Os equatorianos venceram o jogo de ida por 2 a 1. Pelo Campeonato Brasileiro, o elenco santista volta a atuar no domingo (10), às 18h, com o Atlético-GO, novamente em seus domínios.

O jogo foi marcado por muito nervosismo santista, principalmente, após a expulsão do volante Rodrigo Fernández, aos 47 minutos da etapa inicial.

Leia também

Contra o Táchira, o Santos foi para cima desde o começo diante de sua torcida. Com cinco desfalques, o Peixe improvisou o zagueiro Kaiky na lateral-direita e procurou pressionar desde o primeiro momento, mas foi surpreendido com gol de Uribe, aos 26 minutos. O venezuelano avançou, venceu João Paulo e bateu para balançar as redes.

Publicidade

O Peixe ficou nervoso e a situação piorou aos 47’ com a expulsão do volante Rodrigo Fernández após falta em Hernández, que partia no contra-ataque com chance de marcar o segundo. Fim do primeiro tempo e vaias e gritos de revolta da torcida santista com seu time.

Para a etapa final, o técnico Fabián Bustos entrou com mais um atacante: Rwan Seco (saiu Kaiky). Bruno Oliveira também abriu espaço para Sandry.

Publicidade

Outras alterações ocorreriam em sequência, mas quem marcou o empate estava desde o início: Marcos Leonardo, aos 23’, após receber bola da cabeça de Carlos Sánchez, que havia acabado de entrar. Como a partida de ida tinha ficado também no 1 a 1, a disputa foi para os pênaltis, quando o Peixe acabou derrotado: Ricardo Goulart e Lucas Barbosa pararam nas mãos de Varela.

FICHA TÉCNICA

Publicidade

Santos 1 x 1 Deportivo Táchira

Local: Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), em Santos (SP)

Data e hora: quarta (6/7), às 21h30

Árbitro: Kevin Ortega (PER). Assistentes: Michael Orue (PER) e Jesus Sanchez (PER)

VAR: Victor Carrijo (PER)

Gols: Uribe (Deportivo Táchira), aos 26'/1ºT; Marcos Leonardo (Santos), aos 23'/2ºT

Cartões amarelos: Francisco Flores (Deportivo Táchira), aos 5'/1ºT; Cova (Deportivo Táchira), aos 23'/1ºT; Marcos Leonardo (Santos), aos 40'/1ºT; João Paulo (Santos), aos 49'/1ºT; Uribe (Deportivo Táchira), aos 51'/1ºT; Lucas Pires (Santos), aos 25'/2ºT

Cartão vermelho: Rodrigo Fernández (Santos), aos 47'/1ºT

SANTOS: João Paulo; Luiz Felipe, Bauermann, Kaiky (Rwan Seco) e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Vinícius Zanocelo e Bruno Oliveira (Sandry); Ângelo (Lucas Barbosa), Marcos Leonardo e Lucas Braga. Técnico: Fabián Bustos.

DEPORTIVO TÁCHIRA: Varela; Camacho, Restrepo, Ariano e Marrufo; Francisco Flores, Robert Garcés e Chacón; Robert Hernández, Cova e Uribe. Técnico: Alex Pallarés.

Quais as melhores torcidas de futebol? Confira o ranking de empolgação dos fãs

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.