Futebol Santos fecha rodada do Brasileirão com vitória sobre o RB Bragantino 

Santos fecha rodada do Brasileirão com vitória sobre o RB Bragantino 

Com o 2 a 0 fora de casa, Peixe consegue segundo triunfo seguido na competição e segue na briga por uma vaga à Copa Libertadores

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Camacho pula em Lucas Braga para festejar seu gol para o Peixe contra o RB Bragantino

Camacho pula em Lucas Braga para festejar seu gol para o Peixe contra o RB Bragantino

Ivan Storti/Santos FC - (17.10.2022)

O Santos venceu o RB Bragantino na noite desta segunda-feira (17), às 20h, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, por 2 a 0. Gols de Camacho e Ângelo.

Com o resultado da partida, que encerrou a 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Peixe deixa o 12º lugar e retorna ao 11º, com 43 pontos – o mesmo que tem o 10º, Botafogo, e ainda vivo em busca de uma vaga à Copa Libertadores. Já o Braga permanece na 13ª colocação, com 38.

Os donos da casa começaram pressionando: antes dos 5 minutos já tinham tido três escanteios e mandado uma bola no travessão de João Paulo – em chute de esquerda de Helinho. O Peixe respondeu com Nathan que, após falta em Lucas Braga, deu um chapéu na pequena área, mas isolou. Helinho voltou a assustar o Alvinegro Praiano em pancada novamente defendida pelo capitão João Paulo.

O técnico santista Orlando Ribeiro entrou com Ed Carlos como titular no meio campo – Sánchez ficou no banco e Luan sequer acabou relacionado por conta de uma dor muscular de última hora. Maicon e Soteldo seguem machucados.

E quem se machucou a ponto de chorar em campo foi o artilheiro santista Marcos Leonardo após receber pancada nas costas. Sem centroavantes reservas, Ribeiro colocou o meia Lucas Barbosa no lugar do camisa 9.

Os santistas ainda pediram expulsão de Léo Realpe após falta em Ângelo porque o jogador do Braga já tinha amarelo. O Peixe fez outra alteração: Nathan saiu para a entrada de Madson na lateral-direita. E, após dez faltas cometidas pelo Bragantino contra quatro do Santos, João Paulo e Felipe Jonatan foram para o intervalo reclamando bastante da arbitragem. 

Desfecho
Começou bem para o Santos: aos 5', o volante Camacho recebeu bola de Lucas Braga após roubada de Lucas Barbosa e chutou no canto direito de Cleiton para fazer seu primeiro gol com a camisa do Peixe: 1 a 0. 

Popó quase marcou de cabeça para o Braga no segundo pau, aos 15', mas foi o atacante santista Ângelo, de 17 anos, quem balançou as redes após lançamento de Madson: avançou, bateu e saiu para o abraço. Terceiro gol dele no profissional do time do litoral. 2 a 0.

O Santos ainda teve pênalti para o Santos marcado aos 50', em Madson, mas acabou anulado pelo árbitro após conferir o VAR.

O fato curioso é que Sandry chegou a cobrar e marcar por entender que o apito era autorização quando, na verdade, tratava-se de ida do árbitro Paulo César Zanovelli da Silva, de costas para o atleta, ao monitor. A noite terminou com expulsão de Lucas Evangelista após falta dura em Madson.

Agenda
O Alvinegro Praiano chegou à sua segunda vitória seguida após golear o Juventude por 4 a 1 e tem pela frente um clássico com o Corinthians no sábado (22), às 19h, na Vila Belmiro. O Massa Bruta, que amargou a segunda derrota consecutiva após levar 2 a 1 do Coritiba, joga no mesmo dia: às 16h30, em Bragança, contra o Athletico-PR.

FICHA TÉCNICA
RB Bragantino 0 x 2 Santos
Local: Estádio Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data e hora: segunda-feira (17), às 20h
Árbitro: Paulo César Zanovelli da Silva (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA/MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA/SP)

Gols: Camacho (Santos), aos 5'/2ºT; Ângelo (Santos), aos 15'/2ºT
Cartões amarelos: Aderlan (RB Bragantino), aos 12'/1ºT; Popó ( RB Bragantino), aos 22'/1ºT; Eduardo Bauermann (Santos), aos 30'/1ºT; Léo Realpe (RB Bragantino), aos 35'/1ºT; Rodrigo Fernández (Santos), aos 2'/2ºT

Cartão vermelho: Lucas Evangelista (RB Bragantino), aos 51'/2ºT

RB BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Realpe (Lomónaco), Natan e Luan Cândido (Sorriso); Raul, Lucas Evangelista e Eric Ramires (Guilherme Santos); Artur, Helinho (Ramon) e Popó. Técnico: Maurício Barbieri

SANTOS:  João Paulo; Nathan (Madson), Luiz Felipe, Eduardo Bauermann e Felipe Jonatan; Rodrigo Fernández, Camacho e Ed Carlos (Sandry); Ângelo, Lucas Braga (Vinícius Zanocelo) e Marcos Leonardo (Lucas Barbosa). Técnico: Orlando Ribeiro

Benzema e filho roubam a cena na premiação do Bola de Ouro

Últimas