Futebol Saiba o que os brasileiros precisam fazer nesta quarta para seguirem na Libertadores e na Sul-Americana

Saiba o que os brasileiros precisam fazer nesta quarta para seguirem na Libertadores e na Sul-Americana

Dos times do país que entram em campo, apenas o América não tem mais chances de classificação. Fortaleza e Ceará 'jogam vida'

  • Futebol | Do R7

Times brasileiros definem sua vida nas competições continentais nesta quarta

Times brasileiros definem sua vida nas competições continentais nesta quarta

Montagem R7

A fase de grupos da Libertadores e da Sul-Americana finalmente está chegando ao fim. E, se alguns times brasileiros já garantiram seu lugar nas oitavas de final, outros ainda lutam para alcançar a classificação. Nesta quarta-feira (25), o dia é de decisão para muitos deles.

Na Libertadores, a primeira equipe a decidir o seu futuro é o Fortaleza. Com 7 pontos, o time é vice-líder do Grupo F e precisa de uma vitória simples ou um empate fora de casa contra o Colo-Colo, seu concorrente direto pela vaga. Em caso de derrota, o Tricolor cearense cai para a Sul-Americana.

Os outros dois brasileiros que entram em campo no mesmo dia vivem situações opostas. Enquanto o América-MG já está eliminado da Libertadores e precisa de uma goleada contra o Independiente Del Valle, no Equador, para ir à Sul-Americana, o Atlético-MG tem tudo para fechar o Grupo D com 14 pontos. Para isso, basta vencer o Tolima no Mineirão. Caso tropece, a obrigação é evitar uma goleada para manter a liderança.

Sul-Americana

Na outra competição da América do Sul, o cenário é um pouco diferente, já que apenas o líder de cada grupo se classifica, mas os brasileiros também vivem boa situação. O São Paulo, já garantido nas oitavas, tenta chegar aos 16 pontos em duelo com o frágil Ayacucho, no Morumbi.

Já o Ceará está numa situação quase que inacreditável. Com 15 pontos em 15 possíveis, 14 gols de saldo e a melhor campanha no geral, o time ainda pode ser eliminado, uma vez que o Independiente, rival nesta quarta, tem três pontos a menos e, caso vença por dois gols de diferença, assumirá a liderança e irá às oitavas.

Bicampeão da NBA vira soldado para defender a Ucrânia em guerra

Últimas