Futebol Róger Guedes não dá entrevista e Fábio Santos brinca: 'Graças a Deus'

Róger Guedes não dá entrevista e Fábio Santos brinca: 'Graças a Deus'

Lateral do Timão 'comemorou' silêncio do atacante, mas disse que atrito entre companheiro e o técnico não abalou o elenco

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Róger Guedes em treino do Corinthians; atacante voltou a ser titular após três jogos

Róger Guedes em treino do Corinthians; atacante voltou a ser titular após três jogos

Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

Depois de três jogos fora do time titular, Róger Guedes voltou aos 11 iniciais do Corinthians no empate por 1 a 1 com o América-MG na noite deste domingo (29), pela 8ª rodada do Brasileirão, na Neo Química Arena. Após a partida, o atacante passou direto na zona mista e não falou com a imprensa.

Quem parou e falou sobre o atrito entre o companheiro e o técnico Vítor Pereira, foi o lateral-esquerdo Fábio Santos. Um dos mais experientes do grupo, o veterano brincou sobre o silêncio de Róger Guedes: “Graças a Deus” (risos).

Em entrevistas anteriores, treinador e jogador deram declarações polêmicas. Guedes chegou a dizer que “tinha mostrado onde queria jogar” após fazer três gols contra o Avaí pela 2ª rodada do Brasileiro. Em seguida, VP cobrou comprometimento dele nos treinos. Questionado se o clima entre o atacante e o treinador teria abalado o time, Fábio Santos negou e manteve o bom humor.

“Vocês (jornalistas) batem de lá, outro bate de lá, armam a confusão e depois quem paga o pato sou eu, né?”, brincou. “Segunda-feira tive que levar o Léo, a Duda, meus filhos, e o Guedes para passear para ver se ele dava uma desestressada”, completou em tom de brincadeira.

“Ele tem reagido muito bem, falei pra ele que estou orgulhoso do que ele vem fazendo nos últimos jogos, de não ter participado, não deixou de treinar em nenhum momento, não deixou de acompanhar, enfim, de torcer pelos companheiros. É natural, daqui a pouco ele vai ter mais oportunidades. Vítor (Pereira, técnico) já falou que confia nele também, já fez a cobrança pra ele. Enfim, está tudo bem”, concluiu.

Sobre o jogo, Fábio Santos destacou o apoio da Fiel, que lotou mais uma vez seu estádio (34.922 torcedores presentes), e falou sobre as mudanças táticas de Vítor Pereira, que abandonou o esquema com três zagueiros.

“É um treinador que precisa de tempo para trabalhar. Infelizmente a gente sabe que o futebol brasileiro não dá isso. A gente precisa aproveitar essas semanas abertas para tentar evoluir, tanto num esquema quanto no outro”, disse o lateral lembrando que o time só volta a jogar no sábado (04/06). O duelo será fora de casa, contra o Atlético-GO, pela 9ª rodada do Brasileirão.

Veja por onde andam os jogadores da seleção na Copa de 2014

Últimas