Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Róger Guedes chama árbitro de ‘brincalhão’ e dispara após derrota: 'Um dos piores'

Atacante não gostou da atuação de Wilton Pereira Sampaio na derrota do Corinthians para o Palmeiras

Futebol|Do Live Futebol BR

Róger Guedes cobrou escanteio que originou o gol do Corinthians
Róger Guedes cobrou escanteio que originou o gol do Corinthians Róger Guedes cobrou escanteio que originou o gol do Corinthians

Não foi só a derrota do Corinthians para o Palmeiras, por 2 a 1, no Allianz Parque, neste sábado (29), que deixou Róger Guedes incomodado. O atacante deixou o gramado reclamando muito da atuação do árbitro goiano Wilton Pereira Sampaio.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Róger Guedes não escondeu a sua chateação quando ficou sabendo que o árbitro deu gol contra de Piquerez. No lance, o atacante cobrou escanteio rasteiro e o lateral do Palmeiras, na tentativa de cortar, mandou contra o próprio gol.

Publicidade

Leia também

"Se ele deu contra, ele é um brincalhão, errou do começo ao final. Para fechar com chave de ouro, ele errou novamente. Não tem nem o que falar desse árbitro aí, para mim ele é um dos piores", esbravejou Róger Guedes, que foi amarelado ainda no primeiro tempo por reclamação.

Melhor jogador do Corinthians na temporada, o camisa 10 chegaria aos 14 gols em 20 partidas. Apesar de comemorar os bons números em 2023, Róger Guedes lamentou a derrota no clássico, principalmente porque o Timão voltou a sofrer com a bola parada.

Publicidade

"Muito feliz pelo meu momento individual, mas infelizmente não deu. Clássico a gente sabe que é assim, sabíamos que seria difícil. A gente conversa, conversa sobre essa bola parada deles, infelizmente tomamos mais uma vez o gol. A gente tem que parar de errar nas bolas paradas. É levantar a cabeça, tem uma decisão na terça-feira", finalizou.

Na terça-feira (2), o Corinthians recebe o Independiente del Valle, do Equador, na Neo Química Arena, pela terceira rodada do Grupo E da Copa Libertadores.

São Paulo deve mais de R$ 50 milhões para ex-jogadores; Daniel Alves é quem mais tem a receber

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.