Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Rivalidade no interior: Marília e Noroeste fazem o 'Clássico 100'

Um dos principais confrontos entre times de cidades vizinhas do estado será disputado neste sábado (9), pela Série A3 do Paulista

Futebol|Do Live Futebol BR

Jogadores de MAC e Noroeste no clássico do ano passado, no Bento de Abreu, em Marília
Jogadores de MAC e Noroeste no clássico do ano passado, no Bento de Abreu, em Marília Jogadores de MAC e Noroeste no clássico do ano passado, no Bento de Abreu, em Marília

Uma das maiores rivalidades do interior de São Paulo completa 100 jogos neste sábado (9). MAC (Marília Atlético Clube) e Esporte Clube Noroeste, de Bauru, jogam às 19h30, no estádio Bento de Abreu, em Marília, pela 3ª rodada da segunda fase do Campeonato Paulista da Série A-3 (3ª Divisão). O clássico regional tem 69 anos de história e as duas cidades estão separadas por 100 quilômetros.

O Norusca leva pequena vantagem nos confrontos, com 38 vitórias, contra 35 do Alviceleste, além de 26 empates. O equilíbrio é grande até no número de gols marcados. São 122 gols do Noroeste e 121 do Marília.

Na 1ª fase do estadual, o duelo terminou empatado em 0 a 0 no estádio Alfredo de Castilho, em Bauru. Apesar da tradição e da grande rivalidade, os dois clubes vivem uma situação delicada na tabela.

Leia também

Ambos somaram apenas um ponto em dois jogos nesta 2ª fase e empataram em casa na última rodada. O MAC ficou no 1 a 1 com o Capivariano e o placar do Noroeste terminou sem gols diante do EC São Bernardo. Nesta etapa da competição, as quatro agremiações do Grupo 3 jogam entre si em dois turnos e somente os dois primeiros colocados avançam para as semifinais.

Publicidade

Capivariano e EC São Bernardo lideram a chave com quatro pontos cada e se enfrentam nas duas próximas rodadas, assim como o clássico entre MAC x Noroeste terá dois confrontos seguidos – o segundo ocorre no dia 16 (sábado), às 16h, em Bauru. Ou seja, quem perder o jogo deste sábado, ficará praticamente fora da briga por uma das duas vagas.

História

Publicidade

O Marília Atlético Clube vai completar 80 anos de fundação na próxima terça-feira (12). A equipe foi responsável por revelar nomes importantes para o futebol brasileiro, como o meia-atacante Jorginho Putinati, ídolo do Palmeiras nos anos 1980; o zagueiro Márcio Rossini (Santos) e o centroavante Guilherme (São Paulo, Corinthians e ídolo do Atlético-MG), entre outros.

O ex-atacante do Galo é o técnico do MAC e irá completar 92 jogos no comando do clube que o revelou, em sua quarta passagem. Ele é o 5º treinador da história do Alviceleste com mais partidas. O Marília tem como mascote o Tigre e suas cores são: azul celeste e branco.

Publicidade

O Esporte Clube Noroeste é uma agremiação centenária e nesta temporada (1º de setembro) irá completar 112 anos de fundação. Bauru foi a cidade em que Pelé, o Rei do Futebol, começou a dar seus primeiros toques na bola, mas por outro clube da cidade, o BAC (Bauru Atlético Clube), que foi extinto.

No entanto, o Noroeste formou e teve bons jogadores em seu elenco durante a história. Talvez o principal nome revelado seja o atacante Toninho Guerreiro, que atuou ao lado de Pelé e Pepe no Santos. O clube chegou a contratar o atacante Jairzinho Furacão, tricampeão do mundo com a seleção brasileira na Copa de 1970, no México.

Publicidade

No comando do atual Norusca está o experiente Luiz Carlos Martins, considerado um dos "Reis do Acesso" no interior de São Paulo. Ele é o treinador mais longevo da 3ª Divisão estadual, pois dirige o clube pelo terceiro ano consecutivo. O mascote do Noroeste é a Locomotiva e as cores são vermelho e branco.

Camisa usada por Maradona no gol 'la mano de Dios', na Copa de 1986, será leiloada por R$ 24 milhões

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.