Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Renato Gaúcho sai 'correndo' do Beira-Rio para viajar ao Rio e irrita presidente do Grêmio

Presidente Alberto Guerra disse que decisão do treinador foi unilateral e cabe punição, não demissão para não atrapalhar clube

Futebol|Do R7


Não foi só a derrota para o Internacional neste domingo que incomodou a diretoria do Grêmio. Depois da partida, o técnico Renato Gaúcho deixou o estádio do Beira-Rio em menos de 15 minutos, antes de qualquer pessoa da delegação da equipe. A razão seria uma viagem que o treinador tinha marcada para o Rio.

A atitude irritou toda a direção do clube, e o presidente deixou claro que a atitude será avaliada pelo clube.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

"Sem dúvida, uma das razões que eu esteja aqui. Do segurança ao presidente, do faxineiro ao CEO, ninguém no Grêmio concordou com essa decisão (de não dar entrevista), foi uma decisão unilateral do treinador, entendemos, ele tem compromisso amanhã de manhã. Achamos que ele deveria estar aqui dando suas explicações, mas é uma decisão que ele tomou e internamente vamos avaliar isso", disse o presidente Alberto Guerra.

Publicidade

De acordo com a direção do Grêmio, Renato informou que teria um compromisso no Rio no início da manhã desta segunda-feira e precisava realizar a viagem.

Por causa disso, a coletiva, após a derrota para o Internacional, teve a presença de Alexandre Mendes, auxiliar técnico da equipe.

Apesar do compromisso, o presidente do Grêmio não escondeu o incômodo com a decisão de Renato.

"Não é o Renato que faz (a escala de trabalho), poderia exigir e exigiu que estivesse, mas ele tinha compromisso e saiu, eu não poderia trancar a porta e dizer 'não sai daqui'. É isso, internamente vamos avaliar, falar com ele na reapresentação. Importante que eu expresse que o presidente não está de acordo. O que se pode fazer? Demissão? Obviamente não, não é o caso, seria punir o time, mas tomou uma atitude contrária ao que achávamos melhor", finalizou o presidente Guerra sobre o ocorrido.

Mesmo com a derrota no clássico, o Grêmio continua na terceira posição do Campeonato Brasileiro, com 44 pontos. Em seu retorno para a elite do futebol nacional, o time de Porto Alegre tem como objetivo se classificar de maneira direta para a Libertadores de 2024, de acordo com as palavras do próprio treinador, e fica a cada rodada mais próximo disso.

Flamengo tem a folha salarial mais alta do Brasil; confira o top sete

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.