Futebol RB Bragantino é derrotado no Uruguai e está fora da Libertadores

RB Bragantino é derrotado no Uruguai e está fora da Libertadores

Além da eliminação na competição, com a vitória do Vélez, a equipe também fica fora da Copa Sul Americana, pois terminou em último

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Ytalo disputa bola no ataque do Bragantino

Ytalo disputa bola no ataque do Bragantino

Ari Ferreira/RB Bragantino

O RB Bragantino está eliminado da Libertadores da América. Na noite desta terça-feira (24), o time do interior paulista perdeu para o Nacional (Uruguai), pelo placar de 3 a 0, no Estádio Gran Parque Central, em Montevideo (URU), em duelo válido pela sexta rodada do Grupo C. 

Com o resultado, o Massa Bruta foi ultrapassado pelo clube uruguaio e eliminado da competição. Pior ainda, com a vitória do Vélez Sarsfield (Argentina) sobre o Estudiantes, no outro jogo do grupo, o time caiu para a última posição no grupo e ficou de fora até da Copa Sul Americana.

No Grupo C, se classificaram para as oitavas de final o Estudiantes e o Vélez, enquanto o Nacional vai para as oitavas da Sul Americana. Os três times aguardam os sorteios para conhecerem seus adversários.

Próximos jogos
Agora, o Massa Bruta vira a chave para o Campeonato Brasileiro, no qual enfrenta o Goiás, no próximo sábado (28), às 16h30, no estádio da Serrinha.

Já o Nacional joga pelo Campeonato Uruguaio contra o Cerrito, também no sábado, às 20h, ainda buscando o título. Hoje, o time é vice-líder, um ponto atrás do Liverpool, restando duas rodadas.

O jogo
O primeiro tempo foi totalmente dos uruguaios. Logo aos oito minutos, Zabala recebeu na área e cruza rasteiro. Cleiton se esticou todo para desviar, mas soltou no pé de Trezza, que mandou manda para o fundo das redes, abrindo o placar.

O gol animou os donos da casa, que partiram para tentar o segundo. Aos 11, Gigliotti recebeu na área e bateu firme, para bela defesa de Cleiton. Mas o goleiro nada pôde fazer aos 30, quando Cándido apareceu sozinho por trás da zaga após cruzamento de Zabala e apenas empurrou para fazer 2 a 0.

A melhor chance do RB Bragantino foi aos 42, quando Ytalo recebeu na área, girou e bateu, mas Rochet evitou o gol.

No segundo tempo, as coisas não foram muito diferentes. Mais posse do Braga, mas, mais perigo do Nacional. Logo no primeiro minuto, Cleiton fez boa defesa em chute de fora da área.

O Bragantino partiu para cima, com a entrada de Alerrandro no lugar de Jadsom, e deixava muito espaço atrás. Num contra-ataque, Zabala desperdiçou ótima chance de fazer o terceiro, sozinho na entrada da área, ao bater por cima do gol.

Aos 31, Léo Coelho driblou Natan dentro da área do Massa Bruta e passou para Alex Castro que bateu da pequena área para defesaça de Cleiton.

Cinco minutos depois, Lucas Evangelista colocou a mão dentro da área, pênalti. Fagúndez foi para a cobrança e marcou o terceiro dos uruguaios.

Daí para frente, as duas equipes até tentaram algo, mas sem sucesso. Final, 3 a 0 Nacional.

FICHA TÉCNICA
Club Nacional (Uruguai) 3 x 0 RB Bragantino
Local: Gran Parque Central, em Montevideo (URU)
Data e hora: terça-feira (24), às 19h15
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Auxiliares: Alexander Guzman (Colômbia) e Wilmar Navarro (Colômbia)

Gols: Trezza, aos 8'/1T, Cándido, aos 30'/1T e Fagúndez, aos 36'/2T

NACIONAL: Rochet; Lozano (José Rodriguez), Léo Coelho, Marichal e Candido (Almeida); Yonathan Rodriguez, Carballo, Trezza e Zabala (Otormín); Castro (Fagúndez) e Gigliotti (Ramirez). Técnico: Pablo Repetto.

RB BRAGANTINO: Cleiton; Andrés Hurtado, Léo Ortiz, Natan (Jan Hurtado) e Ramon; Jadsom (Alerrandro), Eric Ramires (Lucas Evangelista) e Praxedes; Ytalo (Miguel), Artur e Helinho. Técnico: Maurício Barbieri.

Catar quer servir de modelo com estádios climatizados na Copa 2022

Últimas