Futebol ‘Queria ter dado um abraço e me despedido do Palmeiras’, diz Dudu

‘Queria ter dado um abraço e me despedido do Palmeiras’, diz Dudu

Atacante, agora no Al Duhail, do Qatar, disse que espera ter deixado as portas abertas no Verdão. Negociação foi de R$ 42 mi por um ano de empréstimo

  • Futebol | André Avelar, do R7

Cesar Greco/Divulgação Ag. Palmeiras

Dudu não negou que a sua saída do Palmeiras não foi da forma que esperava. Em entrevista por videoconferência nesta segunda-feira (20), o agora ex-jogador do Palmeiras, atual Al Duhail, do Qatar, disse emocionado que sentiu falta de ter se despedido do clube no qual ficou por mais de cinco anos.

O atacante, de 28 anos, deixou o Verdão por empréstimo de um ano muito por causa dos problemas pessoais que teve com a ex-mulher Mallu Ohana. Ela o acusa de agressão, em março deste ano. O jogador, que nega a agressão, disse que o contato com o futebol qatari aconteceu antes ainda do episódio com Mallu.

COSME: 'Pus Palmeiras nas páginas policiais', diz Dudu

“Falo sempre que é uma pausa. Queria ter dado um abraço em cada um dos torcedores e ter tido um jogo de despedida”, disse Dudu. “Espero ter essas portas abertas quando voltar. É o clube que eu amo, que me deu visibilidade, que me fez chegar à seleção. Como o presidente falou para mim, o Palmeiras é a minha casa”, completou o jogador, com a voz embargada e lágrimas nos olhos.

Dudu foi oficializado pelo Al-Duhail nesta segunda-feira

Dudu foi oficializado pelo Al-Duhail nesta segunda-feira

Divulgação

Dudu foi para o futebol árabe por um ano de empréstimo de 7 milhões de euros (R$ 42 milhões). Em 2021, o Al Duhail pode desembolsar outros 7 milhões para efetivar a concretização do jogador.

Sobre a acusação da ex-mulher, Dudu voltou a dizer que é inocente e a polícia irá cuidar do caso.

“Mesmo sabendo da minha inocência, sabendo que não fiz o que estavam me acusando, mas isso deixo para a polícia. Arranhou um pouco a minha imagem, expus o clube nessas notícias que não são muito legais, mas espero que a polícia cuide disso. Tenho isso muito tranquilo e saio em paz”, disse.

Sem Dudu, o Palmeiras volta a campo nesta quarta, no clássico contra o Corinthians, no Itaquerão. A partida é válida pela penúltima rodada da fase de grupos do Paulistão.

Neymar: sete razões para acreditar que 2020 pode ser ano do brasileiro

Últimas