Quatro estádios do país brigam para receber final da Libertadores 2021

Arena da Baixada, Beira-Rio, Itaquerão e Morumbi são candidatos ao que deve ser a terceira final única da história da competição continental

Flamengo conquistou a Libertadores 2019 em Lima, no Peru

Flamengo conquistou a Libertadores 2019 em Lima, no Peru

Henry Romero/Reuters - 23.11.2019

Apesar de interrompida na segunda rodada da fase de grupos, a Copa Libertadores começa a ter organizada a edição de 2021. Segundo comunicado da Conmebol nesta quinta-feira (14), quatro estádios brasileiros se candidataram para receber o que será a terceira final única da principal competição continental. O Maracanã, no Rio, está reservado para sediar a decisão deste ano.

A Arena da Baixada (Athletico Paranaense), em Curitiba; o Beira-Rio (Internacional), em Porto Alegre; o Itaquerão (Corinthians) e o Morumbi (São Paulo), ambos em São Paulo, são os candidatos brasileiros para receber a decisão no ano que vem. Eles concorrem com La Bombonera (Boca Juniors), Monumental de Nuñez (River Plate), Liberadores da América (Independiente), Presidente Perón (Racing), Mario Alberto Kempes, todos na Argentina; além do Nacional (Universidad do Chile), no Chile, e do Monumental Banco Pichincha (Barcelona), no Equador.

Mais do que a final do próximo ano, a Conmebol ainda adiantou as candidaturas para as decisões únicas de 2022 e 2023. Para esses jogos, Arena da Baixada, Beira-Rio, Maracanã, Itaquerão e Morumbi também estão no páreo além dos principais estádios de países vizinhos.

A Direção de Competições de Clubes da Conmebol informou que os dossiês com as candidaturas devem ser apresentados em 29 de maio. As cidades que passarem por esse processo serão visitadas pela entidade e a decisão será tomada posteriormente. Internamente, a Conmebol considera o fim da pandemia do novo coronavírus, no entanto, não mencionou a logística para a realização. A Libertadores Feminina deste ano, por exemplo, segue ameaçada.

Para a edição de 2019, a entidade sul-americana havia definido Santiago, no Chile, como o local da final única. Os protestos políticos na capital chilena, no entanto, tiraram o evento de lá e levaram para Lima, no Peru. Por lá, o Flamengo venceu o River Plate e ficou com o título.

Copa Sul-Americana

As decisões da Copa Sul-Americana também receberam candidaturas. Para as partidas finais de 2021 a 2023, o Mané Garrincha, em Brasília, a Arena da Baixada, em Curitiba, a Arena Castelão, em Fortaleza, o Beira-Rio, em Porto Alegre, a Arena Pernambuco, no Recife, o Maracanã, no Rio, e a Arena Fonte Nova, em Salvador, também disputam uma vaga com estádios espalhados pelo continente.

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook

Em novas frentes! Veja o que sósias de astros têm feito na quarentena