Presidente da Federação Gaúcha diz que Estadual não volta em maio

Em reunião com o Governo de Estado, Luciano Hocsman afirmou que não tem como voltar esse mês até porque tem o retreinamento do atletas

Atividades no Grêmio voltaram na última terça-feira

Atividades no Grêmio voltaram na última terça-feira

Thenews2/Folhapress - 5.5.2020

Não vai ser em maio que o Campeonato Gaúcho será retomado. Essa decisão foi tomada após reunião realizada na última terça-feira, no Palácio Piratini, entre o Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman.

"Maio não tem condições, até pelas questões de retreinamento. Sabemos que tem cidades que não autorizaram qualquer atividade. No mês de maio posso afirmar que não tem como jogar futebol", disse Hocsman.

No encontro, que contou também com a presença do secretário estadual do Esporte e Lazer, João Derly, do chefe de gabinete Paulo Moraes e do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, o presidente da FGF apresentou um protocolo para ser seguido na volta das partidas.

Algumas medidas propostas pela federação são: máximo de 180 pessoas por jogo, testes antes da rodada de reinício, chegada ao campo de jogo, transporte das delegações, uso de máscaras durante o período de preparação e disposição da imprensa no entorno do gramado.

O Campeonato Gaúcho foi paralisado no dia 16 de março antes do início da quarta rodada do segundo turno. O Caxias foi o campeão do primeiro turno ao bater o Grêmio na decisão.

O Grêmio, inclusive, retomou aos treinamentos presenciais nesta terça-feira, assim como o rival Internacional.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Perto de volta ao PSG, Neymar passa quarentena em mansão de R$ 28 mi