Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Pedro em alta, defesa em baixa e VP questionado: o saldo do Flamengo no Mundial

Rubro-Negro foi ao Marrocos de olho no Real Madrid, mas não chegou à final e ficou em terceiro lugar no Mundial de Clubes

Futebol|Do Live Futebol BR


Vítor Pereira, técnico do Flamengo
Vítor Pereira, técnico do Flamengo

O Flamengo viajou para o Mundial de Clubes, no Marrocos, com a expectativa de fazer frente ao Real Madrid na disputa pelo título, que não conquista desde 1981. No entanto, o Rubro-Negro perdeu nas semifinais para o Al-Hilal, da Arábia Saudita, e teve de se contentar com a disputa do terceiro lugar, na qual superou o Al-Ahly, do Egito.

Com o bronze no Mundial, o Flamengo retornou ao Brasil com mais perguntas do que respostas. O time de Vítor Pereira não conseguiu encontrar seu jogo diante do campeão asiático, nas semifinais, e, mesmo com a vitória sobre o campeão africano, na disputa pelo terceiro lugar, demonstrou dificuldade sobretudo no setor defensivo.

Leia também

Na soma dos jogos, o Flamengo voltou do Mundial com cinco gols sofridos em apenas duas partidas. O saldo poderia ter sido ainda pior, não fosse a boa atuação de Santos na disputa pelo terceiro lugar — o goleiro, inclusive, defendeu um pênalti contra o Al-Ahly e evitou que o adversário abrisse uma vantagem maior antes da expulsão de Abdelfattah, aos 24 minutos, que abriu caminho para a virada flamenguista.

Os problemas na defesa não foram novidade para o Flamengo em 2023. No primeiro desafio que teve na temporada antes do Mundial, na Supercopa do Brasil, o Rubro-Negro sofreu quatro gols do Palmeiras, acabou derrotado por 4 a 3 em Brasília e perdeu o primeiro título que disputou no ano.

Publicidade

Contratado para 2023, Vítor Pereira deixa o Mundial sob pressão maior do que quando assumiu o Flamengo. O treinador não conseguiu fazer o Rubro-Negro se sobrepor aos campeões da Ásia e da África, e a equipe jogou aquém do potencial, inclusive na vitória sobre o Al-Ahly. Além disso, as decisões tomadas no primeiro jogo, principalmente substituir Arrascaeta por Pulgar após a expulsão de Gerson, foram bastante criticadas.

Por outro lado, se a defesa tem sido um problema para o Flamengo, o ataque parece estar afiado, após marcar seis gols em dois jogos. O destaque rubro-negro no Mundial foi Pedro, que fez dois gols nas duas partidas da equipe e foi o artilheiro da competição. O desempenho do camisa 9 foi o melhor em uma única edição desde 2015, quando Luis Suárez marcou cinco gols pelo Barcelona.

Palcos e estádios dão match? Veja 7 cantoras que se apaixonaram por jogadores de futebol

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.