Futebol Pedro admite insatisfação no Flamengo, mas minimiza polêmica: 'Da minha carreira cuido eu'

Pedro admite insatisfação no Flamengo, mas minimiza polêmica: 'Da minha carreira cuido eu'

Centroavante convive com a reserva desde que chegou ao Rubro-Negro, mas garantiu que está focado em ajudar o time carioca

Agência Estado - Esportes

Autor de um dos gols da vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o Altos-PI, Pedro voltou a ser assunto na noite deste domingo (1º). Após a partida, o atacante publicou uma mensagem nas redes sociais na qual admite a insatisfação com a reserva, mas garantiu que estará focado em ajudar o clube carioca enquanto servir ao Rubro-Negro.

"Da minha carreira cuido EU", destacou. "Por escolhas de quem aqui estava, o que entreguei não foi suficiente. Estou feliz por não estar entre os 11 e não jogando os principais jogos? Claro que não. Se estivesse, certamente penduraria as chuteiras. E isso nada tem a ver com o trabalho da comissão atual e o Paulo", ressaltou.

Pedro desabafou nas redes sociais sobre ser reserva no Flamengo

Pedro desabafou nas redes sociais sobre ser reserva no Flamengo

Alexandre Vidal / Flamengo

Revelado pelo Fluminense, Pedro ganhou projeção nacional em 2018, sendo cotado até mesmo para vestir a camisa da seleção brasileira. Negociado com a Fiorentina, da Itália, ele retornou ao Brasil para jogar no rival em 2020, por empréstimo, até ser adquirido em definitivo no ano seguinte por R$ 112,4 milhões — a maior contratação da história do clube.

Considerado um dos mais promissores de sua geração, o centroavante de 24 anos amarga constantemente a reserva do Flamengo, que conta com o ídolo Gabigol como titular absoluto. A não liberação do clube carioca para que Pedro disputasse a Olimpíada de Tóquio aqueceu os rumores de uma eventual saída nas janelas seguintes, o que não se confirmou.

"O que será daqui pra frente? Não consigo prever. Uma coisa é certa: minha dedicação e empenho com essa camisa serão sempre íntegros", garantiu. "Vou seguir 100% no Flamengo até quando for para ser."

À procura de um camisa 9, o Palmeiras foi um dos clubes que buscaram informações no Flamengo sobre um possível negócio que envolveria o atacante. O clube paulista sinalizou uma oferta acima dos R$ 100 milhões, algo inédito no futebol brasileiro. No entanto, a diretoria rubro-negra bateu o pé e se negou a abrir mão do atleta, com quem tem contrato até o fim de 2025.

Garagem de Tom Brady conta com Bugatti de mais de R$ 15 milhões

Últimas