Futebol Pedrinho diz que quer ficar no Corinthians, mas admite sondagens do exterior

Pedrinho diz que quer ficar no Corinthians, mas admite sondagens do exterior

Após participação do amistoso de despedida de Emerson Sheik, o meia Pedrinho revela que seu desejo é de permanecer no Corinthians em 2019, mas admite sondagens de clubes de fora do Brasil, como o interesse do Borussia Dortmund, da Alemanha.

"Sabemos como são essas sondagens, sondagens fortes, principalmente em época de janela de transferências. A gente acaba aguardando. Mas o meu foco é ficar e fazer um grande ano em 2019", diz o jogador de 20 anos, que agora terá seu velho conhecido Fábio Carille no comando do Corinthians.

Em novembro, representantes do Borussia Dortmund se reuniram em São Paulo com Pedrinho, o pai do jogador e o empresário Will Dantas e apresentaram um projeto para o atleta. O time alemão teria feito uma proposta inicial de 20 milhões de euros (cerca de R$ 85 milhões) pela contratação de Pedrinho. O Corinthians recusou. O jogador tem multa rescisória no valor de US$ 50 milhões (R$ 215 milhões).

Pedrinho também já havia despertado o interesse do Barcelona, da Espanha. Um representante do clube catalão veio ao Brasil no último mês para analisar uma possível contratação do atleta. Logo depois da derrota do Corinthians para o Cruzeiro, na decisão da Copa do Brasil, o empresário de Pedrinho, Will Dantas, disse inicialmente que o atacante não atuaria mais pelo clube paulista, pois seria negociado para o futebol europeu. Contudo, o agente logo voltou atrás das declarações. Vale lembrar que o jogador tem contrato com o Corinthians até o fim de 2020.

Últimas