Futebol Paulo Bracks é demitido do Vasco e não é mais diretor esportivo do clube

Paulo Bracks é demitido do Vasco e não é mais diretor esportivo do clube

SAF alegou que os resultados esperados para 2023 não foram cumpridos e por isso a demissão do executivo

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Paulo Brack foi demitido pela 777 Partners

Paulo Brack foi demitido pela 777 Partners

Daniel Ramalho/Vasco

O diretor esportivo do Vasco, Paulo Bracks, foi demitido nesta terça-feira (7). Após garantir a permanência na Série A do Brasileirão, a 777 Partners, SAF do clube, comunicou o desligamento do executivo.

A decisão foi tomada pelo CEO da 777, Lúcio Barbosa. O motivo dado pela demissão de Bracks foi que o objetivo do Vasco do ano ficou longe do esperado, visto que a direção do clube esperava ao menos uma vaga na Pré-Libertadores.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu Whatsapp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Outro ponto que pesou para a escolha, foi o alto investimento feito por Bracks no Vasco, ultrapassando os R$110 milhões de reais. No entanto, dentro de campo, o clube não respondeu e passou praticamente toda a competição lutando contra o rebaixamento, se salvando na última rodada.

Agora, a 777 busca por um novo diretor esportivo para a temporada 2024. A SAF ainda não possui nenhum nome, mas pretende realizar o anúncio nos próximos dias, já visando o planejamento da equipe para a temporada 2024.

O Vasco terminou o Brasileirão com 45 pontos, na 15ª posição do Brasileirão. Apenas dois pontos a mais que o Santos, primeiro time dentro do Z4.

Após rebaixamento do Santos, Vila Belmiro amanhece com ônibus e carros destruídos

Últimas