Paulistão

Futebol Paulistão terá VAR em todas as 110 partidas pelo segundo ano seguido

Paulistão terá VAR em todas as 110 partidas pelo segundo ano seguido

Por logística e infraestrutura, árbitros de vídeo dos jogos estarão em salas na sede da Federação Paulista de Futebol

  • Futebol | André Avelar, do R7

Luan, Weverton, Fred, Sabrina, Carlos Miguel e Lucas Braga participaram do sorteio dos clubes

Luan, Weverton, Fred, Sabrina, Carlos Miguel e Lucas Braga participaram do sorteio dos clubes

Edu Garcia/R7 - 09.11.2022

Gostem os torcedores ou não, o VAR já é realidade no futebol mundial. O Paulistão 2022, então, não poderia ficar para trás. Pelo segundo ano consecutivo, a FPF (Federação Paulista de Futebol) garantirá à arbitragem a tecnologia de vídeo em todas as partidas do estadual mais acirrado do Brasil.

A Record TV transmite o Paulistão com exclusividade na TV aberta.

Com 16 times, divididos em quatro grupos, a competição tem formato semelhante ao do ano passado. Na primeira fase, 12 rodadas serão disputadas entre times de chaves diferentes. As quartas de final e as semifinais serão em jogo único, e a final será disputada em partidas de ida e volta.

Ao todo, serão 110 partidas (contando com o Troféu do Interior), todas elas com o sistema de VAR em operação. Diferentemente do Brasileirão, por exemplo, as cabines dos árbitros de vídeo estarão dispostas na própria FPF. A medida tem como objetivo evitar as dificuldades de logística e de infraestrutura em estádios mais acanhados, que também receberão partidas.

"Cada vez mais o VAR se torna parte do futebol. Não tem como a gente pensar em futebol sem VAR. Pelo lado da federação, somos a única do país com a tecnologia em todos os jogos. A nossa ideia é melhorarmos ainda mais em 2022. Vai ser o campeonato da tecnologia, da inovação e de uma arbitragem com excelência", disse Ana Paula Oliveira, presidente da comissão de arbitragem da FPF.

Arte/R7

Assim como no VAR tradicional, o "VAR a distância" terá um monitor instalado à beira do gramado. O árbitro da partida terá comunicação apenas com o assistente 1 da tecnologia e poderá pedir o auxílio ou ser chamado para verificar algum lance capital.

"Aqui a gente consegue promover o VAR remoto, que é uma conquista, uma valorização de um ambiente de trabalho melhor e de um menor custo de logística", disse Ana Paula. "Claro que, quando preciso, a gente poderá levar a cabine para os estádios, mas daqui não há prejuízo nenhum."

A FPF adotou o VAR na elite do futebol do estado nas fases finais dos campeonatos de 2019 e 2020. O último campeonato, que terminou só em 2021, em razão da pandemia do novo coronavírus, foi o primeiro a ter todas as partidas com a tecnologia.

O Paulistão 2022 começará em 26 de janeiro e irá até 3 de abril.

Confira como foi o sorteio dos grupos do Paulistão 2022

Últimas