Palmeiras

Futebol Palmeiras vence Santos no Allianz Parque e se mantém na liderança

Palmeiras vence Santos no Allianz Parque e se mantém na liderança

Verdão emplaca quinta vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro em jogo de reestreia do camisa 4+3 Dudu

  • Futebol | Do R7

Gustavo Gómez abriu o placar de cabeça para o Palmeiras

Gustavo Gómez abriu o placar de cabeça para o Palmeiras

ANDRÉ PERA/PERA PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Em um jogo muito bem jogado pelas duas equipes, Palmeiras e Santos se enfrentaram no Allianz Parque nesta tarde de sábado (10) e o Verdão levou a melhor no confronto, vencendo o Alvinegro da Vila Belmiro por 3 a 2 com gols de Gustavo Gómez (PAL), Breno Lopes (PAL), Willian (PAL), Carlos Sanchez (SAN) e Marinho (SAN).

O Clássico da Saudade, nome que remete à época de Pelé, quando os grandes nomes do futebol se concentravam em Palmeiras e Santos, fez jus à nomenclatura, fornecendo um ótimo espetáculo aos espectadores.

Com a vitória, Palmeiras chega a 25 pontos em 11 jogos disputados e se mantém na liderança do Campeonato Brasileiro.

O jogo

Logo aos 3 minutos do primeiro tempo, o Palmeiras conseguiu um cruzamento pela direita com Gustavo Scarpa, encontrando Deyverson na área, que desviou para o fundo do gol de João Paulo, mas o bandeirinha assinalou impedimento de Gustavo Scarpa no lance.

O Verdão continuou pressionando o Santos e, aos 19 minutos da primeira etapa, Gustavo Scarpa cobrou escanteio e o goleirão do Peixe falhou, permitindo que Gustavo Gómez abrisse o placar no Allianz Parque. De um Gustavo para outro, 1 a 0 para o time da casa.

Logo em seguida, aos 21 minutos, o Palmeiras ampliou o placar com Breno Lopes, que recebeu de Raphael Veiga pelo meio e bateu rasteiro no canto direito de João Paulo, 2 a 0 no placar.

Aos 30 minutos, o Santos tentou reagir com Marinho, que recebeu cruzamento de Gabriel Pirani pela esquerda e cabeceou, tirando tinta da trave de Jailson. Primeira boa oportunidade de gol do Peixe.

O jogo esfriou no começo do segundo tempo, mas aos 23 minutos do segundo tempo, Carlos Sanchez diminiu o placar em cobrança de pênalti, 2 a 1 no placar.

O Santos buscava o empate na casa do Verdão, mas Willian aproveitou a sobra de Deyverson e empurrou para o fundo do gol aos 37 minutos do segundo período, ampliando o placar para o Palmeiras, 3 a 1 para o time da casa.

No final da partida, o Alvinegro da Vila Belmiro teve mais uma cobrança de pênalti a seu favor e marcou com Marinho, 3 a 2 no Allianz Parque.

Local: Allianz Parque, em São Paulo
Árbitro: Braulio da Silva Machado
Assistentes: Kleber Lucio Gil e Thiaggo Americano Labes
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira, Alex dos Santos e Ednilson Corona

Cartões amarelos: Jean Mota (SAN), Camacho (SAN), Marinho (SAN), Kayky (SAN), Moraes (SAN), Marcos Guilherme (SAN), Fernando Diniz (técnico) e Jailson (PAL)

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Felipe Melo e Matias Viña; Danilo, Zé Rafael, Gustavo Scarpa e Raphael Veiga; Breno Lopes e Deyverson

Reservas: Lucas Lima, Danilo Barbosa, Victor Luis, Willian, Kuscevic, Dudu, Wesley, Mayke, Vinicius Silvestre, Renan e Patrick de Paula

Técnico: Abel Ferreira

SANTOS: João Paulo; Pará, Danilo Boza, Kaiky e Moraes; Camacho, Jean Mota e Gabriel Pirani; Marinho, Lucas Braga e Marcos Guilherme

Reservas: Robson, Ângelo Borges, Madson, Alison, Felipe Jonatan, Raniel, Marcos Leonardo, Carlos Sanchez, Ivonei, Diogenes, Zanocelo

Técnico: Fernando Diniz

Veja os convocados para defender o ouro olímpico do Brasil

Últimas