Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Palmeiras vence o Avaí e abre 11 pontos na liderança do Brasileirão

Verdão contou com os gols de Gustavo Scarpa, Vanderlan e Dudu, na etapa final, em partida válida pela 33ª rodada da competição

Futebol|Do Live Futebol BR

Scarpa comemora o gol de pênalti marcado na vitória do Palmeiras sobre o Avaí no Brasileirão
Scarpa comemora o gol de pênalti marcado na vitória do Palmeiras sobre o Avaí no Brasileirão Scarpa comemora o gol de pênalti marcado na vitória do Palmeiras sobre o Avaí no Brasileirão

O Palmeiras voltou ao Allianz Parque na noite deste sábado (22), precisando retomar o caminho das vitórias, depois de dois empates consecutivos. Jogando com o apoio dos mais de 40 mil palmeirenses, o Verdão superou o Avaí, por 3 a 0, pela 33ª rodada do Brasileirão, chegando aos 71 pontos e abrindo 11 de vantagem para o segundo colocado.

Os gols da vitória palestrina foram marcados por Gustavo Scarpa, de pênalti e Dudu e Vanderlan, na etapa final, contra o vice-lanterna do torneio.

Com o resultado, o Alviverde aumentou sua invencibilidade para 18 partidas sem ser derrotado na competição - são mais de três meses. Ao todo, foram 12 triunfos e seis empates nesta caminhada. Sem contar que como visitante, também, ainda não teve sequer um revés.

Próximos jogos

Publicidade

As equipes voltam a atuar pelo Campeonato Brasileiro já no meio da próxima semana. O Verdão sairá para enfrentar o Athletico-PR, nesta terça-feira (25), às 21h45, na Arena da Baixada, buscando manter sua primeira colocação com folga. Enquanto o Avaí pegará o Cuiabá, em confronto direto contra o rebaixamento, na quinta-feira (27), às 20h, na Arena Pantanal.

Contagem regressiva

Publicidade

O Verdão pressionado para triunfar diante do seu torcedor teve o melhor início possível, já que com 3' da etapa inicial já vencia o jogo contra os catarinenses. Isso porque com o erro do lateral-direito Kevin, no primeiro lance ofensivo do Palmeiras, fez com que, Rony sofresse a penalidade máxima de Vladimir, arqueiro adversário, sendo convertida por Gustavo Scarpa. Daí em diante o Alviverde manteve o controle do duelo e teve chances de com Piquerez, Zé Rafael e Dudu, em duas oportunidades para ampliar o resultado sem ser incomodado pelo time de Santa Catarina.

O camisa 7 palmeirense não desistiu de deixar sua marca no embate e depois de contra gole puxado por Rony, o ídolo verde e branco deixou dois jogadores do Avaí no chão antes de finalizar para o fundo do gol defendido pelo rival, fazendo 2 a 0, aos 9' do segundo tempo, ajudando sua equipe a chegar aos 71 pontos na liderança do Brasileirão, precisando matematicamente vencer mais três partidas para ser campeão pela 11ª vez em sua história do nacional. Ainda deu tempo para o meio-campo Renato, do Avaí, acertar a trave de Weverton.

Publicidade

Vladimir ainda tentou evitou o pior para o Leão da Ilha, com defesas importantes para impedir os gols de Endrick, Breno Lopes, Mayke e Rony, durante todo o duelo. Mesmo assim, acabou levando o terceiro aos 44' da etapa final, depois de cruzamento da joia palmeirense de 16 anos, Vanderlan completou para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 3 x 0 Avaí

Local: Allianz Parque, São Paulo

Data e hora: sábado (22), às 21h

Público e Renda: 40.044 / R$ 3.096.147,33

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)

Auxiliares: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)

Quarto árbitro: Ilbert Estevam da Silva (SP)

VAR: Adriano Milczvski (PR)

Cartões amarelos: Vladimir, aos 2' 1º/T e Bissoli, aos 39' 1º/T (Avaí); Gustavo Scarpa, aos 25' 2º/T, Breno Lopes, aos 27' 2º/T (Palmeiras)

Gols: Gustavo Scarpa, de pênalti, aos 3' 1º/T, Dudu, aos 9' 2º/T e Vanderlan, aos 44' 2º/T (Palmeiras)

PALMEIRAS: Weverton; Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Marcos Rocha, Danilo, Zé Rafael (Atuesta), Mayke (Vanderlan) e Gustavo Scarpa (Gabriel Menino); Dudu (Breno Lopes) e Rony (Endrick). Técnico: Abel Ferreira.

AVAÍ: Vladimir; Kevin (Rômulo), Raniele, Rafael Vaz e Thales; Lucas Ventura, Bruno Silva e Jean Pyerre (Vitinho) e Renato; Pablo Dyego (Jean Cléber) e Pottker (Bissoli). Técnico: Lisca.

'Irmão secreto de Haaland' viraliza nas redes sociais com imitações do astro do Manchester City

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.