Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Palmeiras faz o básico, empata com o São Caetano e volta vaiado à elite do futebol brasileiro em 2014

Verdão cumpriu obrigação e se classificou com seis rodadas de antecedência

Futebol|Do R7

Alan Kardec se envolveu em lance polêmico no primeiro tempo
Alan Kardec se envolveu em lance polêmico no primeiro tempo Alan Kardec se envolveu em lance polêmico no primeiro tempo

Acabou o sofrimento do torcedor palmeirense. Neste sábado (26), o Verdão entrou no Pacaembu lotado para encarar o São Caetano precisando apenas de um empate para garantir matematicamente o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro de 2014. Fez o básico e, com um 0 a 0, deixou o campo saboreando a vaga na elite, mas com vaias da torcida, que esperava uma vitória.

Vestido com um uniforme em homenagem à seleção brasilera, com calção azul e camisa amarela com detalhes verdes, o Palmeiras se lançou ao ataque para tentar alcançar a vitória o mais rápido possível, e até criou boas chances para marcar, mas também permitiu perigosos contra-ataques ao desesperado Azulão.

O chileno Valdivia chamou a responsabilidade de comandar as ações ofensivas do Verdão e foi o principal destaque do time de Gilson Kleina no primeiro tempo, que acabou sem gols, mas não sem confusão.

Neymar ofusca Cristiano Ronaldo e dá vitória ao Barça

Publicidade

Aos 39 minutos, Alan Kardec recebeu bom passe na frente e, após dividida com o goleiro Rafael, foi ao chão. O árbitro Wilson Luiz Seneme marcou pênalti, mas, após consultar o auxiliar, anulou a marcação corretamente, já que o camisa 1 do Azulão pegou apenas a bola na jogada.

Veja por onde andam os heróis do acesso de 2003

Publicidade

O lance revoltou os jogadores do Verdão, que cercaram o trio de arbitragem na tentativa de reverter novamente a decisão. Sem êxito, ainda criaram boa chance para abrir o marcador antes da descida para o intervalo, mas pararam nas mãos do ex-goleiro corintiano Rafael Santos.

Na volta para o segundo tempo, pouco mudou. O Palmeiras continuou martelando o adversário, perdendo gols, e o São Caetano apostando nos contra-ataques para tentar surpreender. O lance mais incrível aconteceu quando Alan Kardec desviou cruzamento de Juninho, a bola bateu nas costas do goleiro Rafael e não entrou por milímetros. Fim de jogo sem gols e com vaias da torcida, que esperava uma vitória para celebrar a equipe novamente integrante da elite do futebol brasileiro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.