Futebol Palmeiras estreia na Libertadores com vitória fácil na Venezuela

Palmeiras estreia na Libertadores com vitória fácil na Venezuela

Com dois gols de Rafael Navarro, Verdão fez 4 a 0 no Deportivo Táchira e manteve a invencibilidade que dura desde 2019

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Dudu comemora gol marcado diante do Deportivo Táchira, da Venezuela, pela Libertadores

Dudu comemora gol marcado diante do Deportivo Táchira, da Venezuela, pela Libertadores

CESAR GRECO/SITE OFICIAL DO PALMEIRAS

Atual bicampeão da Libertadores da América, o Palmeiras estreou sem sustos e com vitória tranquila na edição 2022 do torneio continental. Jogando na Venezuela, o time que vem do título no Paulistão 2022 venceu o Deportivo Táchira por 4 a 0 na noite desta quarta-feira (6). Dudu e Raphael Veiga marcaram ainda no primeiro tempo, e Rafael Navarro fechou a conta com dois na etapa final.

O jogo no Estádio Pueblo Nuevo, em San Cristóbal, foi válido pela 1ª rodada do Grupo A. Completam a chave o Independiente Petrolero (Bolívia) e Emelec (Equador), que se enfrentam às 23h (de Brasília) desta quarta.

Para a estreia na Venezuela, o Verdão teve um time misto. Lesionados, não viajaram o zagueiro Luan, o lateral-esquerdo Piquerez e o atacante Rony. O volante Danilo e o lateral-direito Marcos Rocha foram poupados. Além disso, o técnico Abel Ferreira foi desfalque na beira do campo, já que foi expulso na final da Recopa Sul-Americana, sendo substituído pelo auxiliar João Martins.

A vitória palmeirense ampliou a marca de invencibilidade como visitante na história da Libertadores. Desde 2019 o clube não sai com um revés na casa adversária. No total, são 11 vitórias e cinco empates.

O jogo
O Palmeiras começou pressionando seu rival e abriu o placar logo aos oito minutos. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Wesley, que finalizou errado e acabou dando uma assistência para Dudu completar para o gol e abrir o marcador. 

Gabriel Veron, do Palmeiras, passa pela marcação do Táchira na estreia da Libertadores 2022

Gabriel Veron, do Palmeiras, passa pela marcação do Táchira na estreia da Libertadores 2022

Cesar Greco/Palmeiras (06.04.2022)

Aos 25 minutos, o zagueiro Kuscevic teve a oportunidade de ampliar de cabeça após outro escanteio, mas a bola parou no travessão. Dez minutos depois, Mayke roubou a bola, Atuesta tocou rápido para Raphael Veiga, que chutou cruzado e rasteiro, de fora da área, colocando a bola no fundo da rede: 2 a 0. 

Gabriel Veron, pouco antes do intervalo, teve a chance de fazer o terceiro, mas desperdiçou boa assistência de Mayke.

Na etapa final, João Martins optou por colocar Navarro no lugar do Gabriel Veron e logo deu resultado. Aos três minutos, Mayke, em ultrapassagem pela direita, cruzou e o centroavante fez seu primeiro gol pelo Palmeiras.

No ataque seguinte, aos oito minutos, Wesley levantou na pequena área e o camisa 29 fez seu segundo na partida, garantindo o 4 a 0 para o Verdão, que ampliava o placar sem dificuldade alguma contra o Deportivo Táchira.

Nem mesmo a expulsão do volante Jailson, aos 26 minutos da etapa final, mudou o panorama do jogo e o Verdão manteve a goleada na Venezuela.

Próximos jogos

No torneio sul-americano, o Palmeiras encara o Independiente Petrolero (Bolívia) na 2ª rodada, na próxima terça-feira (12), às 21h30 no Allianz Parque. Antes, porém, o Verdão faz seu primeiro jogo no Brasileirão. Também no Allianz, o time encara o Ceará no sábado (9), às 21h.

FICHA TÉCNICA
Deportivo Táchira (Venezuela) 0 x 4 Palmeiras
Local: Pueblo Nuevo, em San Cristóbal (Venezuela)
Data e hora: Quarta-feira (6/4), às 21h
Arbitragem: Dario Herrera (Argentina)
Auxiliares: Ezequiel Brailovsky (Argentina) e Jose Savorani (Argentina)
4º Árbitro: Carlos Astroza (Chile)
Cartões amarelos: Jailson aos 37'/1ºT e 25'/2ºT(Palmeiras); Restrepo aos 17' 2/ºT (Táchira),  Atuesta 21' 2/ºT (Palmeiras) e Flores 42' 2/ºT (Táchira)
Cartão Vermelho: Jailson aos 26'/2ºT (Palmeiras)
Gols: Dudu aos 7’/1ºT, Raphael Veiga aos 35'/1ºT e Rafael Navarro aos 3'/2ºT e aos 7'/2ºT (Palmeiras)

DEPORTIVO TÁCHIRA (VEN): Cristopher Varela, Pablo Camacho, Gabriel Benítez, Jesús Quintero e José Marrufo; Edisson Restrepo (Calzadilla), Francisco Flores e Maurice Cova; José Farías (Simisterra), Richard Figueroa (Fernández) e Yerson Chacón (Arace). Técnico: Álexandre Pallarés.

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Kuscevic; Jorge, Jailson (expulso), Atuesta (Zé Rafael), Wesley (Breno Lopes) e Raphael Veiga (Gabriel Menino); Dudu (Giovani) e Gabriel Veron (Navarro). Técnico: João Martins (substituindo Abel Ferreira, suspenso)

Champions: Benzema volta a fazer 3 e deixa Real perto da semifinal; Villarreal surpreende o Bayern

Últimas