Futebol 'O comando está comigo', diz Emílio Faro, após vitória do Vasco

'O comando está comigo', diz Emílio Faro, após vitória do Vasco

Cruzmaltino aliviou momento de pressão e técnico interino respira após críticas recentes

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Emílio Faro exaltou a vitória do Vasco sobre o Guarani

Emílio Faro exaltou a vitória do Vasco sobre o Guarani

Daniel Ramalho/Vasco

O Vasco reencontrou o caminho das vitórias na Série B após duas rodadas com tropeços. Na noite desta quarta-feira, pela 27ª rodada, o Cruzmaltino superou o Guarani em São Januário pelo placar de 2 a 1 e afastou a pressão das últimas semanas. Após a partida, o técnico interino Emílio Faro exaltou o poder de reação da equipe.

Com o triunfo, o Vasco foi aos 45 pontos na tabela de classificação, passou a ocupar a 3ª colocação e segue com a vantagem de quatro pontos em relação ao Londrina, que está colado no G-4 brigando por uma vaga na elite.

"Escutei uma fala um tempo atrás. 'O Vasco é para os fortes'. Uma equipe que vem de dois resultados ruins. Uma equipe testada e contestada. Uma equipe muito forte e está preparada. Uma equipe que vai ter embates, mas vai dar respostas. Uma equipe comprometida. Esse é o recado que eu tenho que dar. Uma equipe nova, um trabalho que se iniciou em dezembro com o Zé Ricardo. Eu posso afirmar. Não vai ser fácil, mas vai valer a pena. Vamos colocar o Vasco na Série A. A luta agora é conseguir os resultados fora de casa para trazer uma sensação de alívio", disse.

Após a derrota para o Bahia, também por 2 a 1, Emílio, mesmo que interino após a demissão de Maurício Souza, ouviu diversas críticas - dentre elas a de Otto de Carvalho, presidente da Assembleia Geral do Vasco, que pediu a contratação de um novo profissional. O tema foi debatido e o comandante chamou a responsabilidade.

"Como funcionário do Vasco o treinador sou eu. O comando está comigo. Hoje quem é o treinador sou eu. E sou funcionário do Vasco. O que posso dizer? O tema hoje na preleção é que a gente fizesse a nossa parte. Não importa o que vai acontecer. Importa o que a gente vai fazer. A gente sabe que no nosso domínio quem manda somos nós. Estamos invictos em casa. Trouxemos essa confiança para evitar a pior situação, que é um campeonato interno", destacou o auxiliar permanente do Gigante da Colina.

O Vasco volta a campo no próximo sábado (03/09), às 16h30, contra o Brusque, fora de casa. O desempenho longe de São Januário tem preocupado internamente. Já são cinco derrotas consecutivas.

Reformulação: veja a lista de jogadores que deixaram o elenco do Botafogo

Últimas