Seleção brasileira

Futebol Nova carreira? Lateral da seleção lança música reflexiva sobre preconceito; confira

Nova carreira? Lateral da seleção lança música reflexiva sobre preconceito; confira

Emerson Royal se arriscou como cantor de rap; 'Preto e branco não te fere, quem te fere é quem pratica o mal', diz trecho da canção

  • Futebol | Do R7

Emerson Royal durante partida da seleção brasileira

Emerson Royal durante partida da seleção brasileira

Celso Pupo/Fotoarena/Estadão Conteúdo - 21.11.2023

O lateral-direito da seleção brasileira e do Tottenham, Emerson Royal, se arriscou como cantor de rap e lançou uma música, divulgada em suas redes sociais.

Com uma batida de hip-hop, na letra o jogador faz uma reflexão sobre o preconceito e foi elogiado pelos seguidores.

"O abraço pode salvar uma depressão. Um aperto de mão, um conselho de coração. Quem bate esquece, quem apanha, não. A discriminação é social, intelectual ou racial. Não racional. Preto e branco não te fere, quem te fere é quem pratica o mal', diz um trecho da canção.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Nos últimos dias, jogadores brasileiros foram alvo de ofensas racistas. O atacante Rodrygo, do Real Madrid, recebeu diversos ataques do tipo pelas redes sociais, após ter discutido com Lionel Messi em um jogo da seleção contra a Argentina. Já Igor Paixão, do Feyenoord, foi chamado de "descendente de escravos" por um jornal espanhol.

Aos 24 anos, Royal surgiu na base da Ponte Preta e passou pelo Atlético-MG antes de se transferir para o futebol europeu, no qual atuou por Betis e Barcelona, na Espanha, até ser comprado, por 30 milhões de euros, pelo Tottenham, seu atual clube.

Confira as possibilidades de título e rebaixamento do Brasileirão após o fechamento da 36ª rodada

Últimas